A Flor do Lótus

Myoho-Rengue-Kyo é comparada ao lótus. A flor de mahamandarava no céu e a flor de cerejeira no mundo humano são celebradas, mas o Buda não escolheu nenhuma delas para ser equiparada ao Sutra de Lótus. De todas as flores, ele selecionou a Flor de Lótus para simbolizar o Sutra de Lótus. Há uma razão para isto. Algumas plantas primeiro florescem e depois produzem frutos, ao passo que em outras os frutos aparecem antes das flores. Algumas geram somente uma flor, mas muitos frutos; outras lançam frutos sem florirem. Deste modo, há várias espécies de plantas, mas o lótus é o único que produz flores e frutos simultaneamente. Os benefícios de todos os outros sutras são incertos, pois ensinam que a pessoa deve primeiro fazer boas causas e, só então, poderá tornar-se um Buda em algum tempo a seguir. O Sutra de Lótus é completamente diferente. Uma mão que o segura imediatamente atinge a iluminação, e uma boca que o recita instantaneamente entra no Estado de Buda, assim como a lua é refletida na água no momento em que se eleva por detrás das montanhas do leste, ou como o som e seu eco surgem concomitantemente.”

Nitiren Daishonin em Wu-Lung e I-Lung, em 1281.

As Escrituras de Nitiren Daishonin, Vol. IV.

1 Comentário

  1. suzana said,

    31/08/2009 às 16:58

    toda flor produz fruto?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: