A Iluminação Perfeita e Imediata

O Bodhisattva Sabedoria Acumulada disse: “Eu vi o Tathagata Shakyamuni levando a cabo difíceis práticas ascéticas através de ilimitados kalpas, acumulando méritos e virtudes quando ele buscou a Iluminação sem qualquer descanso. Como eu observo os três mil grandes sistemas de mil mundos, não há lugar, nem mesmo do tamanho de uma semente de mostarda, onde como um Bodhisattva ele não tenha renunciado sua vida em prol dos seres viventes. Somente após aquilo ele atingiu a Via Insuperável. Eu não compreendo que esta garota possa atingir a iluminação correta no espaço de um instante[1]”.

Eles ainda não haviam terminado suas palavras quando subitamente a filha do Rei Dragão apareceu diante deles, curvou-se com sua cabeça aos seus pés, e afastou-se para um lado para dizer estes versos:

 “Tendo compreendido profundamente os aspectos das ofensas e das bênçãos,

pelo seu polimento através das dez direções[2],

agora o maravilhoso e puro Corpo da Lei está completo,

detendo as Trinta e Duas Marcas Distintivas,

e as Oito Características Menores.

O adornado Corpo da Lei é honrado e admirado por seres celestiais e humanos,

e reverenciado por todos os dragões e espíritos.

Dentre todas as variedades de seres,

nenhum falha em respeitá-lo e reverenciá-lo.

Ouvindo sobre a consecução da Iluminação,

da qual somente um Buda pode certificar-se,

eu proclamo o Grande Veículo ensinando,

libertando os seres viventes do sofrimento”.


[1] Aqui está a reafirmação da dúvida que o Bodhisattva Sabedoria Acumulada nutria em seu coração. Este Bodhisattva encontrava-se preso aos conceitos e doutrinas da iluminação que leva incontáveis kalpas para ser atingida. Não compreendia o conceito da iluminação perfeita e imediata, na forma presente, subjacente ao Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa.

[2] O Buda polindo-se através das dez direções significa que o Estado de Buda incorpora ou outros estados. Esta é a verdadeira possessão mútua e este é o verdadeiro Itinen Sanzen. Possui ainda o significado sutil de que não apenas os demais estados possuem a natureza de Buda inerente, mas também o Estado de Buda incorpora os outros estados.

Extraído do CAP. 12: Devadatta.

Por muccamargo

Físico, Mestre em Tecnologia Nuclear USP/SP-Brasil, Consultor de Geoprocessamento, Estudioso do Budismo desde 1987.

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: