A Prática da Conduta de Samantabhadra

Naquela ocasião, o Buda elogiou-o, dizendo: “Excelente, excelente, Universalmente Meritório (Samantabhadra), que você possa proteger e amparar este Sutra, e levar felicidade e benefícios a muitos seres viventes. Você já acumulou inconcebíveis méritos, virtudes, e uma profunda e grande compaixão. Desde o longínquo passado você decidiu-se pelo Anuttara-Samyak-Sambodhi e foi capaz de fazer este voto para proteger este Sutra com suas penetrações espirituais. Eu agora usarei o poder das penetrações espirituais para proteger aqueles que recebam e mantenham o nome do Bodhisattva Universalmente Meritório”.

“Universalmente Meritório, se uma pessoa puder receber, manter, ler, recitar, guardar adequadamente, praticar, e copiar o Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa, saiba que esta pessoa viu o Buda Shakyamuni. É como se ela tivesse ouvido este Sutra da boca do Buda. Saiba que esta pessoa fez oferecimentos ao Buda Shakyamuni. Saiba que o Buda elogiou esta pessoa, dizendo: ‘Excelente’! Saiba que a cabeça desta pessoa foi afagada pelas mãos do Buda Shakyamuni, e que ela foi coberta pelo manto do Buda Shakyamuni ”.

“Uma pessoa, tal como esta, nunca mais será presa aos prazeres mundanos. Ela nunca mais se apegará aos textos ou manuscritos de ensinos heréticos, nem apreciará aproximar-se de tais pessoas ou outras pessoas más, sejam eles açougueiros; criadores de porcos, carneiros, aves, ou cães; caçadores; ou proxenetas”.

“O pensamento dessa pessoa será firme e correto, e a sua memória também. Ela terá o poder das bênçãos e virtudes. Essa pessoa não será atormentada pelos três venenos, nem será mais atormentada pela inveja, arrogância, orgulho anormal, ou orgulho desmedido. Esta pessoa terá poucos desejos e saberá contentar-se. Ela será capaz de praticar a conduta de Samantabhadra, o Universalmente Meritório”.

“Universalmente Meritório, se após a extinção do Tathagata, no último período de quinhentos anos, você ver uma pessoa que receba, mantenha, leia, e recite o Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa, você pode pensar: ‘Não demora, e esta pessoa irá para o lugar da prática e destruirá as hordas de demônios. Ela atingirá o Anuttara-Samyak-Sambodhi, girará a roda do Dharma, tocará o tambor do Dharma, soará a concha do Dharma, fará cair a chuva do Dharma, e sentará no trono de Leão do Dharma junto a um grande séqüito de seres celestiais e humanos’”.

“Universalmente Meritório, se numa era posterior, houver uma pessoa que receba, mantenha, leia, ou recite este Sutra, ela nunca mais será ávida por roupas, roupas de cama, alimento e bebidas, ou quaisquer das necessidades da vida. Seus votos não serão em vão, e em sua presente vida ela obterá a retribuição das bênçãos”.

Excerto do CAP. 28: O Encorajamento do Bodhisattva Universalmente Meritório, pág. 420.

O Voto de Samantabhadra, o Universalmente Meritório

“Honrado pelo Mundo, se nos últimos quinhentos anos, num mundo de maldade e turbulência, houver um Bhikshu, Bhikshuni, Upsaka, ou Upasika, que busque, mantenha, leia, recite, copie, ou deseje praticar o Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa, ele ou ela deverá praticar concentrada e vigorosamente por vinte e um dias. Ao término dos vinte e um dias, eu montarei meu elefante branco com seis presas e, rodeado por incontáveis Bodhisattvas, aparecerei diante daquela pessoa numa assembléia de todos os seres viventes agradáveis de ver, e pregarei o Dharma para ela, instruindo, beneficiando, e deleitando-a. Além disso, eu lhe darei um mantra dharani. Uma vez que ela obtenha o mantra dharani, nenhum não-humano será capaz de feri-la, nem será ela enganada por outra pessoa. Eu também protegerei pessoalmente esta pessoa para sempre. Eu somente rogo ao Honrado pelo Mundo que me permita pregar este mantra dharani”.

Então, na presença do Buda, ele pregou este mantra, dizendo:

E tan di. Tan tuo po di. Tan tuo po di. Tan tuo jiu she li. Tan tuo xiu tuo li. Xiu tuo li. Xiu tuo luo po di. Fo tuo bo shan mi. Sa pe tuo luo ni e po duo ni. Sa po po sa e po duo ni. Xiu e po duo ni. Seng qie po li cha ni.

“Honrado pelo Mundo, se houver um Bodhisattva que ouça este dharani, saiba que será através do poder das penetrações espirituais do Bodhisattva Universalmente Meritório. Se o Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa estiver circulando através do Jambudvipa, e se uma pessoa o receber e mantiver, ela poderá concluir o seguinte: Isto tudo ocorre através do poder do extraordinário espírito do Bodhisattva Universalmente Meritório”.

“Se uma pessoa receber, mantiver, ler, e recitar o Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa, memorizá-lo corretamente, expor suas doutrinas, e praticar de acordo com seus ensinamentos, saiba que ela está praticando a conduta do Universalmente Meritório. Ela plantou profundamente boas raízes na presença de ilimitados, incontáveis Budas. Sua cabeça foi afagada pelas mãos do Tathagata”.

Excerto do CAP. 28: O Encorajamento do Bodhisattva Universalmente Meritório, pág. 418.

Méritos que Conduzem ao Sutra de Lótus

Este post é comemorativo do 2º. aniversário de Cristal Perfeito.

O Buda disse ao Bodhisattva Universalmente Meritório: “Se um bom homem, ou uma boa mulher, alcançar as Quatro Leis, ele obterá o Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa após a extinção do Tathagata. Primeira Lei, ele é o objeto da proteção e de preocupação do Buda. Segunda Lei, ele detém as raízes das virtudes. Terceira Lei, ele penetra o conjunto de concentrações corretas. Quarta Lei, ele concentra-se na intenção de salvar todos os seres viventes ”.

“Se um bom homem ou uma boa mulher alcançar dessa forma estas Quatro Leis, é certo que ele obterá este Sutra após a extinção do Tathagata”.

Excerto do CAP. 28: O Encorajamento do Bodhisattva Universalmente Meritório, pág. 416.

O Voto do Rei Adorno Maravilhoso

“O Rei Adorno Maravilhoso, então, desceu do espaço e disse ao Buda: ‘Honrado pelo Mundo, o Tathagata é extremamente raro. Através do seu mérito, virtude e sabedoria, a protuberância carnuda no topo de sua cabeça deslumbra brilhantemente. Seus olhos são extensos e claros, da cor violeta. A luz do tufo de cabelos entre suas sobrancelhas é branca como a lua resplandecente. Seus dentes são brancos, planos, e sempre brilhantes. Seus lábios são de uma delicada cor vermelha como a da fruta bimba’”.

“Tendo assim elogiado o Buda pelas suas incontáveis centenas de milhares de miríades de kotis de virtudes meritórias, o Rei Adorno Maravilhoso, então, na presença do Tathagata, em pensamento único juntou as palmas das suas mãos e ainda disse ao Buda: ‘Honrado pelo Mundo, a Lei do Tathagata é única, perfeita na realização do inconcebível, sutil, e de maravilhoso mérito e virtude. Seus ensinamentos na prática da moralidade conduzem à segurança, alegria e benevolência. Deste dia em diante, eu nunca mais seguirei o caminho dos meus próprios pensamentos. Eu nunca cultivarei visões distorcidas, arrogância, ira, ou quaisquer outros maus pensamentos’”.

“Tendo dito aquilo, ele curvou-se para o Buda e retirou-se”.

Excerto do CAP. 27: Os Feitos Passados do Rei Adorno Maravilhoso, pág. 413.

O Presente Universal

Naquela ocasião, o Buda Sabedoria do Rei Flor da Constelação da Nuvem do Som do Trovão disse ao Rei Adorno Maravilhoso: “Assim é, assim é, tal como você diz. Se um bom homem ou boa mulher plantarem boas raízes, em vida após vida eles poderão ganhar um Bom e Sábio Conselheiro. O Bom e Sábio Conselheiro pode realizar o trabalho do Buda, instruí-los, beneficiá-los, deleitá-los, e levá-los a entrar no Anuttara-Samyak-Sambodhi“.

“Grande Rei, você deveria saber que um Bom e Sábio Conselheiro é a grande condição causal , por ele ensinar e guiar as pessoas, e fazer-lhes ver o Buda e decidir pelo Anuttara-Samyak-Sambodhi“.

Excerto do CAP. 27: Os Feitos Passados do Rei Adorno Maravilhoso, pág. 413.

Ode ao Bodhisattva Guanshiyin

“Contemplador Verdadeiro, Contemplador Puro,
Contemplador com Ampla, Grande Sabedoria,
Contemplador Compassivo, Contemplador Amável,
devemos constantemente contemplá-lo com reverência!

Indestrutível luz pura,
sol da sabedoria que penetra a escuridão,
que pode impedir as calamidades do vento e do fogo,
como brilhas em todos os mundos!

Sua substância compassiva: como o trovão dos preceitos.
Sua intenção amável: como uma maravilhosa grande nuvem.
Ele faz chover o doce orvalho e a chuva do Dharma,
que extingue as chamas da aflição.

Em meio a uma contenda, quando visado com acusações,
ou quando alguém está aterrorizado no campo de batalha,
se ele evoca o poder do Bodhisattva Contemplador dos Sons do Mundo,
todos esses muitos inimigos se dispersarão e se retirarão.

Maravilhoso é o seu som, Contemplador dos Sons do Mundo.
Um som puro, um som como o da maré,
um som para além de todos os sons mundanos,
nós sempre o manteremos em pensamento.

Em pensamento após pensamento não teremos dúvida:
o Contemplador dos Sons do Mundo é puro e sábio.
Em tempos de sofrimento, agonia, perigo, e morte,
ele é nosso refúgio e protetor.

Repleto de todos os méritos e virtudes,
com seus olhos compassivos e amáveis contemplando os seres viventes,
ele é dotado de imensas bênçãos, ilimitadas como o oceano.
Portanto, deveríamos reverentemente adorá-lo”

Excerto do CAP. 25: O Portal Universal do Bodhisattva Guanshiyin (O Contemplador dos Sons do Mundo), pág. 399.

O Samadhi do Bodhisattva Som Maravilhoso

“Virtude da Flor, você vê meramente o corpo do Bodhisattva Som Maravilhoso como ele aparece aqui. Todavia, este Bodhisattva manifesta-se em todos os tipos de corpos e prega este Sutra em muitos lugares para os seres viventes.

Ele pode manifestar-se no corpo de um Rei Brahma; ele pode manifestar-se no corpo de um Shakra; ele pode manifestar-se no corpo de um Deus da Soberania; ele pode manifestar-se no corpo de um Deus de Grande Soberania; ele pode manifestar-se no corpo de um grande general celeste; ele pode manifestar-se no corpo de um rei celestial Vaishravana; ele pode manifestar-se no corpo de um rei sábio girador de roda; ele pode manifestar-se no corpo de um rei menor, ele pode manifestar-se no corpo de um governante, ele pode manifestar-se no corpo de um magistrado; ele pode manifestar-se no corpo de um ministro de estado; ele pode manifestar-se no corpo de um Brahma; ele pode manifestar-se no corpo de um Monge, Monja, Leigo ou Leiga; ele pode manifestar-se no corpo da esposa de um governante ou da esposa de um magistrado; ele pode manifestar-se no corpo da esposa de um ministro; ele pode manifestar-se no corpo da esposa de um Brahma; ele pode manifestar-se no corpo de um jovem garoto ou de uma jovem garota. Ele pode manifestar-se no corpo de um deus, dragão, yaksha, gandharva, asura, garuda, kinnara, mahoraga, um humano ou não-humano, e pregar este Sutra . Ele pode salvar todos os que se encontram no inferno, dentre os espíritos famintos e os animais, bem como aqueles em dificuldades. Ele pode transformar-se numa mulher da corte de um rei e pregar este Sutra”.

“Virtude da Flor, o Bodhisattva Som Maravilhoso pode salvar todos os seres viventes no mundo Saha. O Bodhisattva Som Maravilhoso pode, dessa forma, transformar-se em todos esses diferentes tipos de corpos e pregar este Sutra para os seres viventes no mundo Saha e ainda assim nada perder do seu poder transcendental de transformações e sabedoria”.

“A sabedoria deste Bodhisattva brilha resplandecente sobre o mundo Saha, fazendo com que cada um dos seres viventes ganhe compreensão. Em mundos numerosos como as areias do Ganges, através das dez direções, ele faz o mesmo:

Para aqueles que devem ser salvos pela forma de um Ouvinte, ele manifesta-se na forma de um Ouvinte e prega-lhes a Lei.

Para aqueles que devem ser salvos pela forma de um Pratyekabuda, ele manifesta-se na forma de um Pratyekabuda e prega-lhes a Lei.

Para aqueles que devem ser salvos pela forma de um Bodhisattva, ele manifesta-se na forma de um Bodhisattva e prega-lhes a Lei.

Para aqueles que devem ser salvos pela forma de um Buda, ele manifesta-se na forma de um Buda e prega-lhes a Lei. Dessa maneira ele manifesta-se de todas as formas para salvá-los da maneira apropriada, até o ponto de manifestar-se entrando em extinção para aqueles que devem ser salvos pela manifestação da sua entrada em extinção”.

“Virtude da Flor, tal é o grande poder das penetrações espirituais e sabedoria do Bodhisattva Mahasattva Som Maravilhoso”.

Naquela ocasião, o Bodhisattva Virtude da Flor disse ao Buda: “Honrado pelo Mundo, o Bodhisattva Som Maravilhoso possui raízes de benevolência profundamente plantadas. Honrado pelo Mundo, em qual samadhi reside este Bodhisattva, que o torna capaz de transformar-se e salvar os seres viventes”?

O Buda disse ao Bodhisattva Virtude da Flor: “Bom homem, este samadhi é chamado Manifestação de Todas as Formas Físicas. O Bodhisattva Som Maravilhoso, residindo neste samadhi, pode beneficiar incontáveis seres viventes”.

Excerto do CAP. 24: O Bodhisattva Som Maravilhoso, pág. 381.

O Bodhisattva Som Maravilhoso

O Buda Muitos Tesouros então disse ao Bodhisattva Som Maravilhoso: “Bom homem, venha cá! O Príncipe do Dharma Manjushri deseja vê-lo em pessoa”.

O Bodhisattva Som Maravilhoso, então, desapareceu de sua própria terra e, junto com oitenta e quatro mil Bodhisattvas, partiu. As terras por onde eles passaram tremeram de seis formas diferentes, e choveram flores de lótus feitas dos sete tesouros, enquanto cem mil tipos de músicas celestiais tocaram espontaneamente.

O Bodhisattva Som Maravilhoso

O Bodhisattva Som Maravilhoso

Os olhos do Bodhisattva eram como as imensas pétalas de um lótus azul. Cem mil miríades de luas juntas não superariam a surpreendente beleza da sua feição facial. Seu corpo era da cor do ouro, adornado com incontáveis centenas de milhares de virtudes meritórias. A luz da sua impressionante virtude resplandeceu com brilhante esplendor, e os seus traços eram todos perfeitos. Seu corpo era tão sólido quanto a Narayana. Ele entrou num palanque feito dos sete tesouros, e içou-se no espaço à altura de sete árvores tala. Com os Bodhisattvas rodeando-o reverentemente, ele chegou ao Monte Gridhrakuta no mundo Saha.

Tendo chegado, ele desceu do palanque de sete tesouros. Pegando um colar de contas, de incalculável valor, ele apresentou-se ao Buda Shakyamuni, curvou-se com sua cabeça aos pés do Buda, ofereceu o colar e disse ao Buda: “Honrado pelo Mundo, o Buda Sabedoria do Rei da Constelação Pura Flor deseja saber se o Honrado pelo Mundo está livre de doenças e preocupações? Encontra-se vigoroso em seus trânsitos? Sua prática é pacífica e feliz? Estão os quatro elementos em harmonia ? Está dando conta das tarefas do mundo? São os seres viventes fáceis de salvar, sem muita avareza, ira, estupidez, inveja, mesquinhez ou arrogância? Não faltam com amor filial no relacionamento com seus pais ou são desrespeitosos com relação aos Shramanas, de visões distorcidas, impuros em seus pensamentos ou sem controle das cinco emoções? Honrado pelo mundo, são os seres viventes capazes de conquistar e derrotar demônios? O Tathagata Muitos Tesouros veio do remoto passado, dentro da Torre de Tesouro, ouvir o Dharma? Ele também deseja saber se o Tathagata Muitos Tesouros está em paz e segurança, livre de preocupações, após longa permanência no mundo ‘Digno de Seres Perseverantes’ ”.

Excerto do CAP. 24: O Bodhisattva Som Maravilhoso, pág. 378.

A Reverência Como Fundamento do Saber

“Rei da Constelação Flor, se você vir uma pessoa que receba e ostente este Sutra, você deve espalhar lótus azuis em meio a incenso em pó, cobrindo-a como um oferecimento. Tendo feito isto, você deve refletir: ‘Não muito tarde, esta pessoa certamente arrumará uma esteira, sentará no Lugar da Via, vencerá as tropas de Mara, ressoará a concha do Dharma, tocará o grande tambor do Dharma e salvará todos os seres viventes do mar da velhice, doença e morte’. Portanto, quando aqueles que buscam a via do Buda verem alguém que receba e mantenha este Sutra, devem, por aquela pessoa, nutrir um sentimento de reverência”.

Namastê!

Gasshô!

Excerto do CAP. 23: Os Feitos Passados do Bodhisattva Rei da Medicina, pág. 372.

O Lótus em Reverência

O Lótus em Reverência

Ainda sobre Reverência, ler CAP. 20: O Bodhisattva Sem-Desprezo.

A Fé Como Princípio da Cura

“Se uma pessoa ouvir este capítulo, ‘Os Feitos Passados do Bodhisattva Rei da Medicina’, e alegrar-se em concordância, louvando a sua benevolência, a boca daquela pessoa em sua presente vida exalará a fragrância de um lótus azul. Os poros do seu corpo exalarão o perfume do sândalo cabeça-de-boi. Os méritos e virtudes que ela obterá serão como descrito acima”.

“Portanto, Rei da Constelação Flor, eu confio a você este capítulo: ‘Os Feitos Passados do Bodhisattva Rei da Medicina’. Após a minha passagem, nos últimos quinhentos anos, propague-o extensivamente no continente Jambudvipa. Não permita que ele se extinga, permitindo desse modo que demônios, entidades demoníacas, todos os dragões celestiais, yakshas, kumbhandas, e assim por diante, ocupem o seu caminho ”.

“Rei da Constelação Flor, você deve usar o poder das penetrações espirituais para proteger este Sutra. Por quê? Porque este Sutra é o excelente remédio para as doenças daqueles que vivem no Jambudvipa. Se uma pessoa doente vier a ouvir este Sutra, sua doença será curada imediatamente. Ela não envelhecerá ou morrerá”.

Excerto do CAP. 23: Os Feitos Passados do Bodhisattva Rei da Medicina, pág. 372.

« Older entries

%d blogueiros gostam disto: