O Verso 10 do Bodhisattva Samantabhadra

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

10. Manjushri possui sabedoria, coragem e bravura;
a conduta e sabedoria de Samantabhadra são semelhantes (em sabedoria, coragem e bravura).
Eu agora transfiro todas as boas raízes,
a fim de seguí-las na prática e no estudo.
Nos três períodos de tempo ,
todos os Budas elogiam e louvam votos como estes,
elevados e grandes.
Eu agora transfiro todas as boas raízes,
desejando realizar as práticas supremas de Samantabhadra.

Faço voto de quando minha vida aproximar-se de seu fim,
todas as obstruções serão removidas;
verei o Buda Amitabha,
e nascerei na sua terra de Bênção e Paz ilimitadas.
Quando renascer no mundo ocidental,
realizarei e cumprirei completamente, sem exceções, esses grandes votos,
para deleitar e beneficiar todos os seres.

A assembleia do Buda Amitabha será completamente pura;
quando de um incomparável lótus eu renascer.
Contemplarei a imensurável luz do Buda,
quando ele aparecer diante de mim,
para proferir uma profecia do Estado de Buda.

Ao receber a profecia do Buda,
assumirei incontáveis aparências e formas,
e com vasto e grande poder da sabedoria,
interpenetrarei as dez direções
para beneficiar todos os domínios dos seres viventes.

Os domínios dos mundos no espaço vazio podem chegar a um fim,
e os seres viventes, (seus) karmas e aflições serem extintos;
mas eles nunca se esgotarão,
nem tampouco meus votos.
Com miríades de joias em ilimitadas terras em todas as direções,
farei ornamentações e oferecimentos aos Budas,
por eras tão numerosas quanto os grãos de pó em todas as terras,
trarei a suprema paz para deuses e humanos.

No entanto, se alguém acredita nesses grandes votos,
na medida que passem pelos (seus) ouvidos uma única vez,
e na busca do Bodhi avidamente deseje esses votos,
os méritos e virtudes obtidos superarão aqueles oferecimentos.

Com os maus conselheiros deixados para trás para sempre,
dos maus caminhos ele parte para a eternidade,
para em breve ver o Buda da ilimitada luz,
e realizar os supremos votos de Samantabhadra.
Facilmente obtendo as bênçãos de longa vida,
e seguro de um nobre renascimento no reino humano,
tão logo ele realizará e completará
as práticas de Samantabhadra.

No passado, devido à carência do poder da sabedoria,
ele cometeu as cinco ofensas de extrema maldade;
em um pensamento elas podem ser enxugadas
pela recitação dos grandes votos de Samantabhadra.

Seu clã, raça, feições e características,
com sua sabedoria,
serão todas aperfeiçoadas e completas;
demônios e externalistas não terão meios para causar-lhe danos,
e ele será um campo de méritos no Mundo Tríplice.

Para a magneficente árvore do Bodhi, ele rapidamente irá,
e lá sentado subjugará as hordas de demônios,
supremamente e perfeitamente iluminado,
ele girará a Roda-da-Lei,
para beneficiar todos os seres sencientes.

Se alguém puder ler, recitar, receber, e ostentar
os votos de Samantabhadra e proclamá-los,
sua retribuição somente o Buda saberá,
e ele alcançará a Suprema Iluminação.

Se alguém recita os votos de Samantabhadra,
falarei sobre uma parte de suas boas raízes:
num único pensamento,
ele pode cumprir os votos puros dos seres sencientes.

As supremas e infinitas bênçãos da conduta de Samantabhadra,
eu agora transfiro universalmente;
que cada ser vivente, afogando-se e à deriva,
possa logo retornar à Terra Pura,
à Terra da Luz Ilimitada!

Quando o grande Bodhisattva Samantabhadra terminou de falar esses versos puros sobre os grandes Votos de Samantabhadra diante do Buda, o jovem Sudhana ficou tomado por esfuziante alegria. Todos os Bodhisattvas ficaram extremamente felizes também, e o Buda aplaudiu dizendo: “Bom de fato, Bom de fato”.


As Práticas e Votos do Bodhisattva Samantabhadra

 

O Verso 9 do Bodhisattva Samantabhadra

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

 

9. Posto um fim aos sofrimentos dos maus caminhos,
e a todos igualmente trazendo alegria,
que eu possa por eras (aeons) tão numerosas quanto os grãos de pó de todos os mundos,
sempre beneficiar todos nas dez direções,
sempre em harmonia com os seres viventes,
cultivando por todas as eras futuras,
a vasta conduta de Samantabhadra,
realizarei o insuperável Bodhi.

Faço votos de sempre encontrar os Budas frente-a-frente,
e as multidões de discípulos que se reúnem em torno deles;
fomentarei oferecimentos, que sejam vastos e grandes,
incansavelmente até o fim das eras futuras.

Ostentarei bem alto o sutil e maravilhoso Dharma,
e iluminarei todas as práticas do Bodhi;
serei finalmente puro na via de Samantabhadra,
praticando até o final dos tempos.

Inesgotáveis bênçãos e sabedoria,
eu cultivarei através de todos os mundos;
através da concentração, sabedoria, meios hábeis, e samadhis,
obterei um interminável repositório de méritos e virtudes.

Em um (único) grão de pó estão terras tão numerosas quanto os grãos de pó;
em cada terra encontra-se um incalculável número de Budas.
Em cada lugar onde os Budas se encontram,
eu vejo a multidão em assembleia,
interminavelmente a proclamar todas as práticas do Bodhi.

Em todos os lugares nas dez direções,
através do mar de terras,
cada ponta de cabelo abrange oceanos do passado, presente e futuro.
Assim, também, há um mar de Budas, um mar de terras Búdicas;
Interpenetrando-as todas,
eu cultivo pelos mares de tempos intermináveis.

A fala de todos os Budas é pura;
cada palavra contém um oceano de sons.
De acordo com o que os seres apreciam ouvir,
os mares da eloquência dos Budas flui…

Eu posso penetrar o futuro
e abarcar todas as eras num simples pensamento.
Num simples pensamento eu condenso
todas as eras dos três períodos de tempo.
Em um pensamento eu vejo todos os ‘Leões dos Humanos’
do passado, presente, e futuro;

Eu constantemente penetro os estados dos Budas,
seus mágicos samadhis e força surpreendente.
Sobre a ponta de extremamente fino fio de cabelo,
aparecem terras cobertas de joias do passado, presente e futuro;
terras sobre pontas de fios de cabelo tão numerosas quanto os grãos de pó de todas as terras das dez direções,
penetro-as profundamente, adorno e purifico…
Os mares de terras que em todos os lugares eu adorno e purifico,
e liberto todos os seres viventes, sem exceções.
Com cuidado eu faço seleções dentre os mares de Dharmas
e adentro profundamente no oceano da Sabedoria…

Cada Buda tem um discípulo sênior chamado Samantabhadra,
Honrado.
Eu agora transfiro todas as boas raízes,
e faço um voto de perpetrar boas ações de sabedoria idêntica a dele.
Faço voto que meu corpo, fala e mente serão sempre puros,
e que todas as práticas e terras também o serão.
Faço voto de ser o mesmo (idêntico), em todos os sentidos,
na sabedoria de Samantabhadra.
Purificarei totalmente a conduta de Samantabhadra,
bem como os grandes votos de Manjushri.
Cumprirei todas as suas ações,
nada deixando por fazer.
Até o final dos tempos, nunca me cansarei.
Infinita e incomensurável é a minha cultivação;
ilimitados méritos e virtudes eu obtenho.
Em meio às ilimitadas práticas,
eu resido em paz,
e penetro a força dos poderes espirituais.


As Práticas e Votos do Bodhisattva Samantabhadra

 

O Verso 8 do Bodhisattva Samantabhadra

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

8. E estudo (aprendo) com os Budas
e pratico a perfeita conduta de Samantabhadra;
eu faço oferecimentos a todos os Budas do passado
e para todos os Budas do presente através das dez direções.
Todos os futuros “Mestres de Deuses e Humanos’,
cujas aspirações e votos se completarem,
eu seguirei no estudo através dos três períodos de tempo
e rapidamente atingirei o grande Bodhi.
Faço voto que cada ser em todas as direções
será pacífico, feliz, e sem preocupações.
Que eles possam obter a profunda ajuda do Dharma correto,
e possam suas aflições serem afastadas,
sem exceção.
Em minha prática, esforçando-me para o Estado de Buda,
ganharei o conhecimento de minhas vidas passadas,
em todos os destinos.
Sempre deixarei a vida familiar e
cultivarei os puros preceitos,
sem omissão, nunca quebrá-los, e sem máculas.
Sejam eles Deuses, Dragões, Yakshas, ou Kumbhandas,
Humanos, Não-Humanos, e os demais,
nos muitos idiomas de todos esses seres viventes,
com cada som eu falarei o Dharma.
Cultivarei os puros Paramitas com vigor,
e nunca abandonarei a Mente do Bodhi.
Banirei todas as obstruções e impurezas,
e cumprirei todas as maravilhosas práticas.
De todas as ilusões, karmas, e estados demoníacos,
em meio a todos os caminhos mundanos, serei libertado,
como o lótus que não toca a água,
como o Sol e a Lua que não param no espaço.

 


As Práticas e Votos do Bodhisattva Samantabhadra

 

O Verso 7 do Bodhisattva Samantabhadra

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

7. Se há Budas que anseiam pelo Nirvana,
eu peço com profunda sinceridade,
que permaneçam no mundo por mais tempo,
para trazer benefícios e bênçãos a cada ser.
As boas raízes obtidas,
por seguir e regozijar nos méritos e virtudes,
e do arrependimento e correção,
eu transfiro aos seres viventes e à Via do Buda.


As Práticas e Votos do Bodhisattva Samantabhadra

 

O Verso 6 do Bodhisattva Samantabhadra

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

6. Diante dos ‘Faróis dos Mundos’ das dez direções,
que já realizaram o supremo Bodhi,
eu agora peço e rogo a todos eles,
que girem a insuperável, maravilhosa Roda-da-Lei.


As Práticas e Votos do Bodhisattva Samantabhadra

 

O Verso 5 do Bodhisattva Samantabhadra

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

5. Regozijo-me nos méritos e virtudes,
de todos os seres nas dez direções,
do mais humilde aos Santos (Arhats),
Pratyekabudas, Bodhisattvas e Budas.


As Práticas e Votos do Bodhisattva Samantabhadra

 

O Verso 4 do Bodhisattva Samantabhadra

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

4. Para todas as más ações que cometi no passado,
criadas pelo meu corpo, fala, e mente,
desde os primórdios, a cobiça, a ira e a ilusão,
eu agora sei a vergonha e arrependo-me de todas elas.


As Práticas e Votos do Bodhisattva Samantabhadra

 

O Verso 3 do Bodhisattva Samantabhadra

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

3. Guirlanda de flores, supremas e maravilhosas,
músicas, fragrâncias, parassóis, dosséis,
e outros ornamentos ricos e raros,
eu ofereço a cada Buda.
Finas indumentárias, incensos superiores,
incenso em pó e incenso para queimar, lâmpadas e velas,
cada um em quantidade tão elevada quanto o Monte Sumeru,
eu ofereço completamente a todos os Budas.
Com uma mente vasta, grande e supremamente libertada,
eu acredito em todos os Budas dos três períodos do tempo.
Com a força da conduta e dos votos de Samantabhadra,
eu faço oferecimentos a todos os Budas em todos os lugares.


As Práticas e Votos do Bodhisattva Samantabhadra

 

O Verso 2 do Bodhisattva Samantabhadra

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

2. Com oceanos de som eu deixo cair em todos os lugares,
palavras e frases, maravilhosas e intermináveis,
as quais agora e através de todas as eras (aeons) do futuro,
louvarão o amplo, e profundo mar dos Méritos e Virtudes dos Budas.


As Práticas e Votos do Bodhisattva Samantabhadra

 

O Verso 1 do Bodhisattva Samantabhadra

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Naquela ocasião, o grande Bodhisattva Samantabhadra, desejando ratificar o significado de suas palavras, contemplou todos os mundos nas dez direções e falou em versos:

1. Diante dos Budas, ‘Leões entre os Homens’,
através dos mundos das dez direções,
no passado, no presente, e também no futuro,
com o Corpo, Fala e Mente completamente pura,
curvo-me diante de todos, sem omitir nenhum.
Com o impressionante poder dos Votos de Samantabhadra,
eu apareço ao mesmo tempo diante de cada Buda,
e em corpos transformados tão numerosos quanto as partículas de pó em todos os mundos,
curvo-me (prostro-me) para Budas tão numerosos quanto as partículas de pó em todos os mundos.

 


As Práticas e Votos do Bodhisattva Samantabhadra

 

%d blogueiros gostam disto: