Os Versos de Estandarte da Deliciosa Luz da Verdade

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Naquela ocasião, o Rei Celestial Estandarte da Deliciosa Luz da Verdade, imbuído do poder do Buda, contemplou todas as multidões de (seres) celestiais de menor, maior e infinita vastidão, e disse em versos:

O reino dos Budas é inconcebível: nenhum ser senciente pode compreendê-lo.
Os Budas fazem com que seus pensamentos desenvolvam a fé, resolução e grande satisfação sem fim.
Se quaisquer seres vierem a aceitar o ensinamento,
O Buda, com seus poderes espirituais, lhes guiará,
Fazendo-lhes ver o Buda para sempre diante deles:
Oceano de (Puros) Adornos vê dessa forma.

A natureza de todas as coisas não tem um lugar de repouso –
Os Budas aparecem no mundo da mesma maneira –
Eles não têm um lugar de repouso em qualquer estado do ser:
(Luz da) Sabedoria Suprema pode contemplar o significado disto.

Qualquer que seja o desejo do coração dos seres sencientes,
Os poderes espirituais do Buda podem manifestar.
Cada um deles (de forma) diferente, eles são inconcebíveis.
Este é o Estandarte da Sabedoria Independente.

Todas as terras existentes no passado
Eles podem mostrar num simples poro.
Este é o grande poder espiritual dos Budas:
Deleite na Tranquilidade pode expor isto.

O inesgotável oceano de todos os ensinamentos
Está reunido no santuário de um ensinamento.
Tal é a natureza da verdade explicada pelos Budas:
Olho do Conhecimento (Universal) pode compreender essa técnica.

Em todas as terras, em todos os quadrantes
A expor a verdade em cada um de todos eles,
O corpo do Buda nem vem ou vai:
Este é o domínio do Deleite no Uso do Intelecto.

O Buda vê as coisas dos mundos como se fossem reflexos de luz;
Ele penetra os seus mais recônditos mistérios,
E expõe que a natureza de todas as coisas é sempre quiescente:
(Luz do) Intelecto Tecido com Virtude pode ver isto.

O Buda conhece todos os fenômenos
E controla as rédeas da verdade de acordo com as faculdades dos seres.
No sentido de abrir o inconcebível portal da emancipação,
(Luz) Tranquila Imaculada pode compreender isto.

O Honrado pelo Mundo sempre, com grande gentileza e compaixão,
Aparece no sentido de beneficiar os seres sencientes,
Fazendo cair igualmente a chuva da verdade para preencher as suas capacidades,
(Vasta) Luz Pura pode expor isto.


Livro Um – Os Adornos Maravilhosos dos Líderes dos Mundos

 

Os Portais da Libertação II

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Além disso, o Rei Celestial Estandarte da Deliciosa Luz da Verdade encontrou o portal da libertação na observação das faculdades de todos os seres, expondo-lhes a verdade, e erradicando suas dúvidas. O Rei Celestial Oceano de Puros Adornos encontrou o portal da libertação evocando a visão do Buda sempre que lhe viesse à mente. O Rei Celestial Luz da Suprema Sabedoria encontrou o portal da libertação cobrindo o corpo com adornos que não tinham um ingrediente principal e eram iguais em termos da natureza dos fenômenos. O Rei Celestial Estandarte da Sabedoria Independente encontrou o portal da libertação ao compreender todas as coisas mundanas e numa fração de segundo criar oceanos de inconcebíveis adornos. O Rei Celestial Deleite na Tranquilidade encontrou o portal da libertação da manifestação de inconcebíveis Terras Búdicas num simples poro, sem impedimentos. O Rei Celestial Olho do Conhecimento Universal encontrou o portal da libertação da observação de todos os lados do universo. O Rei Celestial Deleite no Uso do Intelecto encontrou o portal da libertação ao produzir todos os tipos de demonstrações para o benefício de todos os seres sempre aparecendo eternamente. O Rei Celestial Luz do Intelecto Tecido com Virtude encontrou o portal da libertação ao observar todos os objetos no mundo e penetrar a verdade da inconcebilidade. O Rei Celestial Luz Tranquila Imaculada encontrou o portal da libertação mostrando a todos os seres as formas essenciais de emancipação. O Rei Celestial Vasta Luz Pura encontrou o portal da libertação ao observar todos os seres ensináveis (capazes de aprender) e guiá-los no caminho da iluminação.


Livro Um – Os Adornos Maravilhosos dos Líderes dos Mundos

 

Espíritos da Terra

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Havia também espíritos da terra, tão numerosos quanto às partículas atômicas que há num mundo Búdico. Seus líderes eram conhecidos pelos nomes de Flor Pura da Virtude Universal, Adorno das Bênçãos Constantes, Árvore Adornada com Belas Flores, Distribuidor Universal de Tesouros, Olho Puro Observando a Estação, Belo Olho Supremo, Cabelo Fragrante Emissor de Luz, Som Agradável, Diadema Trançado de Belas Flores, Corpo Adornado de Diamante, e assim por diante. Todos eles haviam feito profundos e solenes votos no passado, jurando sempre se associar com os Budas, e cultivar os mesmos atos virtuosos.


Livro Um – Os Adornos Maravilhosos dos Líderes dos Mundos

 

Espíritos das Cidades

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Havia também espíritos das cidades, tão numerosos quanto os átomos que há num mundo Búdico. Seus líderes eram conhecidos pelos nomes de Brilho do Topo da Joia, Palácio Belamente Adornado, Joia da Pura Alegria, Pureza sem Pesar, Olhos da Flor da Chama da Lâmpada, Estandarte da Chama Claramente Acesa, Luz da Virtude, Luz Pura, Adorno do Diadema Fragrante, Bela Luz da Joia, e assim por diante. Todos eles haviam, durante inumeráveis, inconcebíveis eras, adornado as mansões nas quais os Budas residiram.


Livro Um – Os Adornos Maravilhosos dos Líderes dos Mundos

 

Espíritos dos Santuários

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Havia também espíritos dos santuários, tão numerosos quanto os átomos que há num mundo Búdico. Seus líderes eram conhecidos pelos nomes de Estandarte do Puro Adorno, Luz da Joia da Montanha Polar, Estandarte da Marca do Trovão, Olhos Maravilhosos Vertentes de Flores, Diadema de Luz da Guirlanda, Cascata de Tesouros, Olho Fragrante Corajoso, Nuvem de Diamante Colorida, Luz do Lótus, Esplendor da Luz Inefável, e assim por diante. Todos eles já haviam se encontrado com inumeráveis Budas no passado, aperfeiçoado a sua força de vontade, e realizado grandes oferecimentos.


Livro Um – Os Adornos Maravilhosos dos Líderes dos Mundos

 

Os Versos de Oceano de Chamas Sutis

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Naquela ocasião, o Rei Celestial Oceano de Chamas Sutis, imbuído do poder espiritual do Buda, contemplou toda aquela multidão de seres celestiais dos céus da grande liberdade, e disse em versos:

O Corpo do Buda expande-se e incorpora todas as grandes assembleias: abarca o cosmos sem fim.
Quiescente, sem essência, ele não pode ser capturado; aparece apenas para salvar seres viventes.
O Buda, rei dos ensinamentos, aparece no mundo.
Capaz de acender a lâmpada da verdade sublime, que ilumina o mundo;
seu estado é ilimitado e inesgotável:
Isto é o que (Luz do) Nome da Liberdade percebeu.

O Buda é inconcebível para além da discriminação,
Compreendendo Formas em todos os lugares como Insubstanciais.
Para o bem do mundo ele escancara o caminho da pureza:
Isto é o que Olhos Puros (das Puras Virtudes) pode ver.

A sabedoria dos Budas é ilimitada – ninguém no mundo pode mensurá-la.
Ela destrói para sempre a ignorância e a confusão dos seres:
Grande Inteligência Aprazível penetrou isso profundamente e lá permanece em paz.

As virtudes do Buda são inconcebíveis;
Nos seres que as testemunham, as aflições se extinguem,
Elas fazem com que todos os mundos encontrem paz:
Liberdade (da Luz) Imutável pode ver isto.

Seres Sencientes, na escuridão da ignorância, são sempre iludidos;
O Buda expõe-lhes o ensinamento da dissipação e serenidade.
Esta é a lâmpada da sabedoria que ilumina o mundo:
Olhos (dos Adornos) Sublimes conhece essa técnica.

O Corpo do Buda de forma pura e sutil
Está manifesto em todos os lugares e não tem comparações.
Esse Corpo não tem essência e nem lugar de descanso:
É contemplado por (Luz da) Meditação Habilidosa.

A voz do Buda não tem limite ou obstrução;
Todos aqueles capazes de aceitar os ensinamentos ouvem-na.
Ainda que o Buda seja quiescente e eternamente imóvel;
Esta é a libertação do (Grande) Conhecimento Delicioso.

Sereno, emancipado, mestre de celestiais e humanos,
não há lugar algum nas dez direções que ele não apareça.
A radiância de sua luz preenche o mundo:
Isto é visto por Estandarte Majestoso da Verdade Desimpedida.
(Estandarte do Esplendor do Som Universal.)

O Buda buscou a iluminação em prol de todos os seres ao longo de incontáveis oceanos de eras;
Através de vários poderes espirituais ele ensinou a todos; Luz da Fama (do Esforço Supremo) percebeu essa verdade.


Livro Um – Os Adornos Maravilhosos dos Líderes dos Mundos

 

Os Portais da Libertação I

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Naquela ocasião, oceânicas multidões reuniram-se no lugar de iluminação do Buda: ilimitados tipos e espécies estavam ao redor do Buda, preenchendo todos os lugares. Suas formas e séquitos eram diferentes uns dos outros. De onde quer que chegassem, aproximavam-se do Honrado pelo Mundo, sinceramente olhando para ele. Essas multidões em assembleia já tinham se livrado de todas as aflições e impurezas mentais, bem como de seus hábitos remanescentes. Eles tinham pulverizado as montanhas de barreiras múltiplas, e percebiam o Buda sem obstruções. Eles eram assim porque o Buda Vairochana em tempos passados, através de oceanos de eras, ao cultivar as práticas dos seres reluzentes (iluminantes), havia recebido-lhes e cuidado deles com as quatro práticas da salvação que são a generosidade, palavras gentis, ação benevolente e cooperação, e enquanto plantava raízes da benevolência na companhia de cada Buda naquelas eras, já havia tomado conta deles, lhes ensinado e desenvolvido através de vários meios habilidosos, estabelecendo-lhes no caminho da onipotência, onde eles adquiriram inumeráveis virtudes, grandes méritos, e todos já haviam adentrado completamente o oceano das habilidades nos meios de libertação e compromisso dos votos. As ações que perpetravam eram completamente puras, e também já tinham embarcado na via para a emancipação. Eles sempre viam o Buda, claramente iluminado, e através do poder da suprema compreensão, adentraram o oceano das qualidades do Estado de Buda. Encontraram os portais da libertação de todos os Budas, e transitavam livremente nos poderes espirituais.

Isto quer dizer que Oceano das Chamas Sutis, um Rei do Céu da Grande Liberdade, encontrou o portal da libertação através da tranquilidade e poder prático dos domínios do espaço e do cosmos. O Rei Celestial Luz do Nome da Liberdade, obteve o portal da libertação ao observar livremente todas as coisas. O Rei Celestial Olho das Puras Virtudes encontrou o portal da libertação da acão sem esforço ao saber que todas as coisas são não-nascidas, não perecem, e nem vêm o vão. O Rei Celestial Grande Inteligência Aprazível encontrou o portal da libertação através do oceano da sabedoria percebendo diretamente o real caráter de todas as coisas. O Rei Celestial Liberdade da Luz Imutável encontrou o portal da libertação através da grande concentração na prática de concessão de ilimitada paz e felicidade aos seres viventes. O Rei Celestial Olhos dos Adornos Sublimes encontrou o portal da libertação por causa da observação da verdade da nulidade e aniquilação de toda a ignorância e medo. O Rei Celestial Luz da Meditação Habilidosa encontrou o portal da libertação através da entrada em infinitos reinos (domínios) sem produzir qualquer atividade de pensamento sobre os existentes (ali). O Rei Celestial Grande Conhecimento Delicioso encontrou o portal da libertação ao ir a todos os lugares nas dez direções para pregar a verdade, embora sem se mover e sem depender de nada. O Rei Celestial Estandarte do Esplendor do Som Universal encontrou o portal da libertação por entrar no reino do Buda da tranquilidade e manifestação de grande luz em todos os lugares. O Rei Celestial Luz da Fama do Esforço Supremo encontrou o portal da libertação ao se estabelecer em sua própria iluminação, tendo ainda uma perspectiva infinitamente ampla.


Livro Um – Os Adornos Maravilhosos dos Líderes dos Mundos

 

Espíritos Seguidores dos Passos

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Havia também espíritos seguidores dos passos, numerosos como os átomos num mundo Búdico. Seus líderes eram conhecidos pelos nomes de Símbolo Precioso, Luz do Lótus, Diadema de Flores Puras, Incorporação de Todas as Belas Visões, Estandarte da Estrela da Gema Rara, Alegremente Emitindo Sons Sublimes, Luz da Árvore de Sândalo, Luminosidade do Lótus, Luz Sutil, Coleção de Flores Finas, e assim por diante. Ao longo de inumeráveis eras passadas eles já haviam se associado com Budas, sempre lhes seguindo.


Livro Um – Os Adornos Maravilhosos dos Líderes dos Mundos

 

Espíritos de Corpos Múltiplos

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Havia também espíritos de corpos múltiplos, numerosos como os átomos num mundo Búdico, conhecidos pelos nomes de Adorno do Diadema de Flores, Luz Iluminante em Todas as Direções, Conquista do Som Oceânico, Diadema Adornado com a Pura Flor, Posturas Dignas Infinitas, Um Raio de Luz Supremo, Nuvens Fragrantes de Luz Pura, Guardião Sustentador, Pastor Onipresente, Luz Imutável; esses eram os líderes, e havia tantos deles quanto os átomos que há num mundo Búdico. Todos já haviam cumprido grandes votos no passado, provisionado e servido todos os Budas.


Livro Um – Os Adornos Maravilhosos dos Líderes dos Mundos

 

Espíritos dos Raios

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Havia também presentes espíritos geradores de raios tão numerosos quanto os átomos num mundo Búdico, conhecidos pelos nomes de Semideus da Forma Maravilhosa, Estandarte da Rapidez do Sol, Luz das Flores da Montanha Polar, Som Puro das Nuvens, Faculdades Sublimes, Luz Deliciosa, Som do Trovão em Grandes Árvores, Rei Leão Branco, Olho Auspicioso da Intensa Chama, Diadema (topete – nó – sobre a cabeça) Precioso da Luz do Lótus; esses eram os líderes, e havia tantos deles quanto os átomos que há num mundo Búdico. Todos eles haviam constantemente invocado (chamado para si) grandes votos durante incontáveis eras passadas, jurando sempre se aproximarem e servirem aos Budas. Suas práticas em concordância com seus votos já tinham sido cumpridas e eles também já haviam alcançado a outra margem. Elas já haviam acumulado ilimitados bons trabalhos. Haviam chegado claramente a todos os domínios da absorção meditativa, e atingido poderes espirituais. Eles residiam onde quer que o Buda estivesse, e entravam no domínio da libertação inconcebível; tomando seus lugares na assembleia, sua luz digna se destacou. Manifestaram seus corpos de acordo com as necessidades dos seres sencientes e assim os apaziguou. Onde quer que houvesse manifestações dos Budas, todos eles para lá iam magicamente. Onde quer que os Budas se estabelecessem, eles sempre guardavam e protegiam diligentemente o lugar.


Livro Um – Os Adornos Maravilhosos dos Líderes dos Mundos

 

« Older entries

%d blogueiros gostam disto: