Enryaku-ji

Enryaku-ji é um monastério no Monte Hiei, nos arredores de Kyoto, que foi fundado durante o final do século 8 e início do século 9 por Saichō (767-822), também conhecido como Dengyō Daishi, que introduziu a seita Tendai no Japão a partir da China. Sendo um dos mais importantes monastérios da história japonesa, serviu como (e ainda é) sede da seita Tendai, a seita Budista que era popular entre a aristocracia da época e serviu como base para uma série de seitas que seriam fundadas mais tarde, incluindo as seitas da Terra Pura, Zen e as seitas seguidoras de Nitiren Daishonin.

Pagode no Templo Enryaku

Pagode no Templo Enryaku

História

Com o apoio do Imperador Kammu, Saichō ordenou uma centena de discípulos em 807. Mantendo uma disciplina rigorosa no Monte Hiei, seus monges viviam em isolamento durante doze anos de estudos e meditação. Após este período de estudo, os melhores pupilos eram mantidos em cargos no monastério, e outros eram investidos em cargos no governo e na corte imperial. No auge de seu poder, Enryaku-ji foi um enorme complexo com cerca de 3000 sub-templos e um poderoso exército de monges guerreiros (Sōhei) que eram ocasionalmente envolvidos em lutas pelo poder com outros monastérios e líderes políticos. No século 10, eclodiu uma sucessão de disputas entre os monges da Tendai das linhas de Ennin e Enchin.

Estas disputas resultaram em centros Tendai opostos no Monte Hiei, o sanmon (Ordem da Montanha) e, em Miidera, o jimon (Ordem do Templo). Os monges guerreiros foram utilizados para resolver os litígios, e líderes da Tendai começaram a contratar exércitos mercenários que ameaçavam os rivais e até mesmo marcharam sobre a capital para fazer valer as demandas monásticas.

Como parte de um programa para neutralizar todos os potenciais rivais e unificar o país, o comandante Oda Nobunaga encerrou esta militância budista em 1571, atacando e destruindo a maioria das edificações e monges de Enryaku-ji. Os atuais edifícios datam a partir da segunda metade do século 16, até a primeira metade do século 17, quando o templo foi reconstruído após uma mudança de governo.

Fonte: Wikipedia, a enciclopédia livre.

%d blogueiros gostam disto: