Herói

Siddhartha não encontraria mais a paz. Ele caminhava pelos corredores do seu palácio como um leão atingido por algum dardo envenenado. Estava infeliz. Certo dia, veio-lhe um grande desejo pelos campos abertos e pela visão dos verdes prados. Ele deixou o palácio, e como perambulava sem rumo pelos campos, ponderou: “É de fato lamentável que… Continuar lendo Herói

Avalie isto: