A saga de Dôra – A Prova Real

A saga de Dôra – A Prova Real

11/08/2019

Ontem, passei o dia inteiro pensando que era sábado. Só descobri que era sexta-feira ao ler uma matéria e deduzir que o jornalista estava errado na data. Fui confirmar e o errado estava eu. Por essa razão, há muitos anos, venho admoestando em textos que escrevo: “Só existe uma coisa pior que uma mentira. É uma convicção!” Os tolos matam e morrem por uma convicção. Sábios são os que promovem o encontro da consciência com a experiência. No Budismo, isso chama-se “Prova Real” ou experiência, que se superpõe à prova documental (doutrina) e à prova teórica (raciocínio), que formam a consciência de uma pessoa. Se você, alguma vez, se encontrou no erro, você é feliz! Por quê? Porque aprendeu.

A “Saga de Dôra” continua, e já decidi partir para o resto da minha vida à busca da “Prova Real”, mesmo sabendo que isso pode significar o vazio de todos os fenômenos, preconizado pelo Lorde Buda como o trono do Tathagata. Agora, eu não volto mais para aquela “vidinha”. Os benefícios inconspicuos dessa saga romperam os últimos grilhões da mediocridade. Esqueci que dia da semana eu me encontrava. Agora, para esquecer das contas a pagar ou receber, basta conquistar um novo dia. O passado não determina mais nada na minha vida, nem na dela, suponho. Tudo está num novo dia, e como me sinto bem! Boa noite!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: