A Terra Sobre a Unha do Dedo

Então, o Honrado pelo Mundo pegou uma pequena porção de terra e a depositou sobre a unha do seu dedo, dizendo a Kashyapa: “Qual é maior? Esta porção de terra, ou aquela das dez direções?”

O Bodhisattva Kashyapa disse ao Buda: “Oh Honrado pelo Mundo! A terra na unha do seu dedo não pode ser comparada à terra das dez direções.”

“Oh bom homem! Abandona-se o corpo e se obtém um corpo novamente; descarta-se o corpo dos três reinos do infortúnio [isto é, os reinos do inferno, dos espíritos famintos e dos animais] e obtém-se outro corpo. E quando todos os sentidos orgânicos são perfeitos, ganha-se vida num País Central (Lugar Central – ‘Middle Country’), ganha-se a fé correta, e pratica-se bem a Via. Ao praticar bem a Via, uma pessoa de fato pratica a Via Correta. Ao praticar a Via Correta, atinge-se a Emancipação, e então entra-se verdadeiramente no Nirvana. Estes são como a terra sobre a unha do meu dedo. Uma pessoa descarta o próprio corpo, e obtém um (corpo) dos três reinos do infortúnio. Descarta o corpo dos três reinos do infortúnio, e ganha (outro) corpo dos três reinos do infortúnio. Alguém que não seja perfeito em todos os seus sentidos orgânicos, ganha vida num lugar fora-do-caminho [lugar remoto], adquire uma visão de cabeça para baixo da vida, segue um caminho tortuoso, e não atinge a Emancipação e o Nirvana. Estes podem ser comparados à terra das dez direções.

Oh bom homem! Alguém que defenda os preceitos sempre faz esforços, não comete as quatro graves ofensas, não comete os cinco pecados mortais, não usa as coisas que pertencem à Sangha, não se torna um icchantika, e não se afasta das raízes do bem. Essas pessoas que acreditam neste Sutra do Nirvana podem ser comparadas à terra sobre a unha do meu dedo. Aqueles que violam os preceitos, aqueles que são indolentes, aqueles que cometem as quatro graves ofensas, aqueles que cometem os cinco pecados mortais, aqueles que usam as coisas da Sangha, aqueles que se tornam icchantikas, aqueles que cortam todas as raízes do bem, e aqueles que não acreditam neste sutra são tão numerosos quanto a terra nas dez direções. Oh bom homem! O Tathagata conhece bem as qualidades dos seres da alta, média e baixa [posições]. Devido a isso, dizemos que o Buda é perfeito no poder de ser capaz de ver através da raiz de todas as coisas.”

Leia Mais no Sutra do Nirvana, Capítulo 40 – Sobre o Bodhisattva Kashyapa 1.

the earth on the fingernail.mp3

%d blogueiros gostam disto: