Orgulho

Senika disse: “Oh Honrado pelo Mundo! Grande Compassivo! Explique-me, eu rogo, como faço para atingir o Eterno, Êxtase, o Eu, e o Puro, sobre o qual você fala.”

O Buda disse: “Nobre filho, o mundo inteiro possui um grande orgulho [mana] desde os primórdios, o qual aumenta o (próprio) orgulho e também funciona como a causa de [mais] orgulho e ações orgulhosas. Portanto, os seres agora experimentam os resultados (retribuições) do orgulho e não são capazes de eliminar todas as klesas [impurezas mentais/morais] e atingir o Eterno, Êxtase, o Eu, e o Puro. Se os seres desejam acabar com todas as impurezas, o que eles necessitam fazer, antes de tudo, é acabar com o orgulho.” [Nota: a palavra do Sânscrito para orgulho, mana, tem um alcance semântico diferente do Inglês ‘orgulho/arrogância’. Ela é derivada da raiz verbal ‘man’ (pensar, acreditar, medir, conceituar, julgar, valorar, considerar como) e também significa ‘medida’, ‘cômputo’, ‘meios de prova’. O sentido de ‘orgulho’ aqui implica os processos de geração ou projeção que são construtos mentais implicitamente falsos. Ele se refere ao processo descrito no capítulo anterior do sutra sobre as quatro inversões (visões distorcidas). – Stephen Hodge].

Read More on the Nirvana Sutra, Chapter 45 – On Bodhisattva Kaundinya 1.

pride.mp3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: