Português Brasileiro é o Melhor Idioma

Titulo Original: BRAZILIAN PORTUGUESE IS THE BEST LANGUAGE

Por Helen Joyce

Em 06/03/2012

Tradução livre por Marcos Ubirajara

Se você deseja um bom retorno para o seu investimento, diz Helen Joyce, o melhor idioma a aprender é o Português Brasileiro.

Alguns lunáticos aprendem idiomas por diversão. Os demais entre nós estão procurando um bom retorno para nosso investimento. Isto significa a escolha de um idioma com muitos falantes nativos. Um idioma falado por pessoas com as quais vale a pena falar, num lugar que merece ser visitado. Um idioma com parentes próximos (neste caso espanhol, francês, italiano), e então você leva vantagem na escolha de um terceiro idioma. Um idioma não tão distante do inglês que o faça desistir.

O Lótus em Manaus

A Flor de Lótus em Manaus - Amazonas. Fonte: Wikipedia.

Há realmente apenas uma escolha racional: Português Brasileiro. O Brasil é grande (190 milhões de habitantes; metade de um continente). Suas perspectivas econômicas são brilhantes. São Paulo é a capital dos negócios da América Latina. Nenhum outro país tem flora e fauna tão diversificadas e belas. É o lar da maior floresta perene do mundo, a Amazônia. O clima é excelente, e assim são as praias. As pessoas são amigáveis, e inocentemente mentirosas. Muitas vezes dirão a você: “seu português é maravilhoso!”, ainda que não seja verdade.

Você não vai precisar de um novo alfabeto ou uma nova gramática, embora você possa achar o idioma viciado em declinações e indevidamente amante do subjuntivo (modo verbal que não expressa certeza). Você aprenderá centenas de palavras sem esforço (azul significa blue, verde significa Green) e será capaz de conjeturar sentenças inteiras. (O sistema bancário é muito forte: the banking system is very strong). Com nuances na pronúncia e algumas poucas novas palavras, você irá de Portugal a partes (países) da África. Se você fala Espanhol, Francês ou Italiano, você descobrirá que metade do trabalho já está feito – e se não, por que não tentar? Com Português sob o seu cinto você vai voar.

Melhor de tudo, você se destacará. Apenas 10 milhões de brasileiros têm um Inglês razoável, e anglófonos falam muito mais Francês ou Espanhol do que Português. Eu não escolhi esse idioma; ele foi imposto a mim por uma oferta de emprego em São Paulo. Mas quando penso que meus filhos, agora com dez e cinco anos, um dia possam escrever “Português Brasileiro fluente” em seus currículos, sinto-me um pouco lisonjeada.

Helen Joyce é correspondente do  The Economist em São Paulo- Brasil.

Site de origem: More Intelligent Life

Vale a pena visitar.

As anotações em itálico são da tradução.

Impressão sobre a leitura: Em pleno acordo com as assertivas acima, de uma pessoa com objetivos tão diferentes, senti-me respaldado para continuar os esforços já empreendidos para contemplar os povos da maravilhosa Lingua Portuguesa com o que de melhor já se escreveu: Os Ditos Dourados do Buda.

5 Comentários

  1. Sergio Martins - Rio de Janeiro said,

    13/03/2012 às 13:08

    Excelente post, Marcos, é bom ter a contrapartida e reconhecimento também de nosso idioma, pois sempre aprendemos que nós (e só nós) deveríamos nos esforçar para saber outros idioma.
    E agradeço-lhe pelas traduções dos textos budistas, é realmente uma preciosidade encontrar alguém que o faça.
    Muito obrigado e abraços.

  2. Sérgio de Carvalho e Camargo said,

    13/03/2012 às 17:19

    Eu sempre amei o meu idioma. Sou patriota. Sou admirador do meu país da sua gente, das suas grandezas nas mais diversas direções.
    Bela constatação.
    Grande notícia!

    Forte abraço

  3. Maya Santana said,

    16/03/2012 às 10:47

    Marcos, muito obrigada pela visita ao meu blog. Volte sempre. Grande abraço.

  4. AnimeCG said,

    21/03/2012 às 5:01

    Nunca vi alguém não brasileiro que dissesse que, com orgulho, gostaria de ver no currículo de seus filhos “português brasileiro fluente”. É “legal” ver este reconhecimento, prova que meu povo – o povo hoje conhecido como brasileiro – está crescendo e amadurecendo para o mundo.

    Claro que fico feliz também pela própria língua portuguesa, a língua de Camões, de Machado de Assis – que devem estar a dar pulos de alegria em seus túmulos. Uma língua que às vezes é desprezada pelos próprios falantes – e quando digo isto, englobo toda a lusofonia.

    Parabéns pela iniciativa e espero que ainda continues muito mais tempo por aqui.

    • muccamargo said,

      21/03/2012 às 10:14

      Bom dia, AnimeCG!

      Também nunca vi nada assim. Por essa razão, apressei-me em traduzir e compartilhar esse artigo tão precioso. Que visão de Helen Joyce, que deleite para todos nós.

      Tenha um ótimo dia!

      Marcos Ubirajara.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: