A Prática do Sutra de Lótus como Ensinada pelo Buda

“Além disso, Ajita, se alguém ouvir a respeito da longa duração da extensão da vida do Buda e compreender a importância dessas palavras, os méritos e virtudes que tal pessoa obterá serão sem fronteiras ou limites, porque possibilitarão àquela pessoa ascender à suprema sabedoria do Tathagata. Quanto mais não será o caso para aquele que possa ouvir este Sutra extensivamente; induzir outros a ouvir; mantê-lo para si; induzir outros a
mantê-lo; copiá-lo em si; induzir outros a copiá-lo; ou usar flores, incenso, contas, estandartes, bandeiras, dosséis de seda, óleos fragrantes ou velas para fazer oferecimentos a este Sutra. Os méritos e virtudes de tal pessoa serão ilimitados e infinitos, porque possibilitarão àquela pessoa ascender à Sabedoria que Abarca Todos os Fenômenos[1]”.

 


[1] Nesta passagem o Buda faz uma distinção entre os imensuráveis benefícios auferidos “se alguém ouvir a respeito da longa duração da extensão da vida do Buda e compreender a importância dessas palavras”; e os auferidos por alguém que, além disso, “possa ouvir este Sutra extensivamente; induzir outros a ouvir; mantê-lo para si; induzir outros a mantê-lo; copiá-lo em si; induzir outros a copiá-lo; ou usar flores, incenso, contas, estandartes, bandeiras, dosséis de seda, óleos fragrantes ou velas para fazer oferecimentos a este Sutra”. Essa distinção é fundamental porque o Buda a faz entre aquele que abraça parte do sutra (que ouve, acredita e entende a longa duração da vida do Tathagata) e aquele que o abraça na íntegra (“que possa ouvir este Sutra extensivamente”), levando a cabo práticas de Bodhisattva (“induzir outros a ouvir; mantê-lo para si; induzir outros a mantê-lo; copiá-lo em si; induzir outros a copiá-lo, etc.”.).

Extraído do CAP. 17: Distinção dos Méritos e Virtudes.

2 Comentários

  1. ana cristina said,

    13/06/2009 às 13:58

    por gentileza vc tem alguma materia da nichiren shoshu sobre o caminho da latencia, da transitoriedade e o camainho do meio?
    muito obrigada

    • muccamargo said,

      13/06/2009 às 18:51

      Olá Ana Cristina! O que posso recomendar é um post chamado “O Dilema da Dualidade e o Caminho do Meio” que foi recentemente publicado neste blog. São palavras do Buda que estão no Sutra do Nirvana. Acredite, não há nada mais autêntico sobre esse assunto.

      Muito obrigado pela visita.

      Marcos Ubirajara.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: