O Objeto de Adoração

Contemplador Verdadeiro, Contemplador Puro,

Contemplador com Ampla, Grande Sabedoria,

Contemplador Compassivo, Contemplador Amável,

devemos constantemente contemplá-lo com reverência!

Indestrutível luz pura,

sol da sabedoria que penetra a escuridão,

que pode impedir as calamidades do vento e do fogo,

como brilhas em todos os mundos!

Sua substância compassiva: como o trovão dos preceitos.

Sua intenção amável: como uma maravilhosa grande nuvem.

Ele faz chover o doce orvalho e a chuva do Dharma,

que extingue as chamas da aflição.

 

Em meio a uma contenda, quando visado com acusações,

ou quando alguém está aterrorizado no campo de batalha,

se ele evoca o poder do Bodhisattva Contemplador dos Sons do Mundo, todos esses muitos inimigos se dispersarão e se retirarão.

 

Maravilhoso é o seu som, Contemplador dos Sons do Mundo.

Um som puro, um som como o da maré,

um som para além de todos os sons mundanos,

nós sempre o manteremos em pensamento.

 

Em pensamento após pensamento não teremos dúvida:

o Contemplador dos Sons do Mundo é puro e sábio.

Em tempos de sofrimento, agonia, perigo, e morte,

ele é nosso refúgio e protetor.

 

Repleto de todos os méritos e virtudes,

com seus olhos compassivos e amáveis contemplando os seres viventes,

ele é dotado de imensas bênçãos, ilimitadas como o oceano.

Portanto, deveríamos reverentemente adorá-lo”.

 

Naquela ocasião, o Bodhisattva Guardião da Terra levantou-se do seu assento e disse ao Buda: “Honrado pelo Mundo, se houver aqueles que ouçam este capítulo sobre o Bodhisattva Contemplador dos Sons do Mundo, que aprendam sobre o altruísmo de suas ações e sobre o poder das suas penetrações espirituais como mostrado neste Portal Universal, saiba-se que os méritos e virtudes de tais pessoas não serão pequenos”.

Quando o Buda pregou o “Capítulo do Portal Universal do Bodhisattva Contemplador dos Sons do Mundo”, todos os oitenta e quatro mil seres viventes na assembléia[1] decidiram-se pelo Anuttara-Samyak-Sambodhi.

 


[1] Isto significa que o Verdadeiro Objeto de Adoração, Contemplador dos Sons do Mundo, sábio e puro, Dotado de todos os benefícios; é o próprio Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa, seu Nome, (Nam) Myoho-Rengue-Kyo, ou a sua Íntegra, representada pelos seus oitenta e quatro mil caracteres com suas intrínsecas naturezas de Buda, aqui identificados como “seres viventes na assembléia”; antes, no Capítulo 24, identificados como o séqüito de Bodhisattvas que acompanharam o Bodhisattva Som Maravilhoso em sua vinda ao mundo Saha.

Extraído do CAP. 25: O Portal Universal do Bodhisattva Guanshiyin

Flor de Lótus
Foto de Marcos Ubirajara. Local: Sítio da Dôra em 02/12/2007.

2 Comentários

  1. nice said,

    24/10/2008 às 10:15

    legal!

  2. muccamargo said,

    24/10/2008 às 10:53

    Obridado, Nice!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: