Fruição Daquilo Que Perdura

“Dizemos ‘fruição daquilo que perdura’. Por não matar, uma pessoa prolonga em um terço o tempo de vida do corpo. Isto é o que se obtém. Esta é a fruição daquilo que perdura. Essa fruição tem duas causas. Uma é próxima, e a outra distante. Por próxima se entende a pureza do corpo, boca e mente; por distante se entende a extensão do tempo de vida e o desfrutar da (alegria na) velhice. Esta é a fruição daquilo que perdura.”

Leia Mais no Sutra do Nirvana, Capítulo 42 – Sobre o Bodhisattva Kashyapa 3.

fruition of that which remains.mp3

%d blogueiros gostam disto: