A Árvore da Sabedoria

As vestimentas do herói tornaram-se esfarrapadas nos seis anos que ele lhas havia vestido, e ele pensou: “seria bom se eu obtivesse algumas roupas novas; caso contrário, terei que seguir nu, o que seria indecente.” Naquela ocasião, Sujata, a mais devota das dez jovens meninas que haviam trazido-lhe comida, tinha um escravo o qual acabara… Continuar lendo A Árvore da Sabedoria

Avalie isto: