O Orgulho de Nanda

Ele sentia um grande orgulho por ter conquistado as suas paixões. “Eu sou um verdadeiro santo”, disse para si, “e em virtude, não me darei por vencido nem pelo meu irmão.” Fez um robe para si do mesmo tamanho que o do Mestre. Alguns monges viram-lhe à distância, e disseram: “Ai vem o Mestre. Vamos… Continuar lendo O Orgulho de Nanda

Avalie isto: