Sem Recebimento e Sem Ganância

Sutra:

Subhuti, um Bodhisattva pode preencher sistemas de mundos iguais em número às areias do Rio Ganges com as sete gemas preciosas e oferecê-las como uma doação. Mas se uma outra pessoa soubesse que todos os dharmas são destituídos do ‘eu’ e aperfeiçoasse a paciência, os méritos e virtudes desse Bodhisattva superariam aqueles do Bodhisattva anterior. E por quê? Subhuti, é porque Bodhisattvas não recebem bênçãos e virtudes”.

Subhuti disse ao Buda: “Honrado pelo Mundo, como é que Bodhisattvas não recebem bênçãos e virtudes?”

“Subhuti, uma vez que Bodhisattvas não podem ser avidamente apegados às bênçãos e virtudes que eles nutrem, diz-se que eles não recebem bênçãos e virtudes”.

Comentário:

Mas se uma outra pessoa viesse a saber que todos os dharmas são destituídos do ‘eu’. Todos os dharmas incluem todos os Budadharmas. Concisamente, eles incluem as quatro (nobres) verdades, as doze condições causais, os seis paramitas, as seis raízes, as seis poeiras, os doze lugares, e os dezoito reinos. Se alguém sabe que aqueles vários dharmas são destituídos do ‘eu’, ele não se apega às marcas do ‘eu’ ou das coisas, porque ele sabe que ambos, pessoas e dharmas, são destituídos do ‘eu’. Sem o apego ao ‘eu’ e sem o apego aos dharmas, o apego à vacuidade também desaparece. Nesse momento ele desenvolve a paciência da não-produção de dharmas. Ao certificar-se para a paciência da não-produção de dharmas, não se vê mais o menor dharma produzido ou extinto através dos três reinos. Embora essa paciência possa ser experimentada, ela não pode ser descrita.

Se você não vê sequer o menor dharma produzido e não vê sequer o menor dharma extinto, isto significa que não existem dharmas? Isto é correto. Originalmente não existem dharmas. Mas nenhum dharma ainda inclue todos os dharmas. Palavras não podem expressar a que se refere a paciência da não-produção de dharmas. A frase: soubesse que todos os dharmas são destituídos do ‘eu’ e aperfeiçoasse a paciência é o ponto mais importante denotado no Sutra Diamante. Por que um Bodhisattva meramente ao saber que todos os dharmas não possuem um ‘eu’ e alcança a paciência tem mais méritos e virtudes que um Bodhisattva que doa uma vasta quantidade de riquezas? É porque Bodhisattvas não recebem bênçãos e virtudes. Em outras palavras, Bodhisattvas nem se apegam ao recebimento de bênçãos e virtudes, e nem se apegam a não ter bênçãos e virtudes. Não é necessário que os atos que geram bênçãos e virtudes feitos por um Bodhisattva tenham forma ou aparência. Um Bodhisattva não deve tornar-se avidamente apegado e dizer: “Eu promovi essas bênçãos. Eu realizei aquelas ações virtuosas”.  Ele não deve ter tais apegos. Quando um Bodhisattva não se apega a nada, o que há para receber ou não receber? Basicamente, não há recebimento ou ausência de recebimento. Assim o sutra diz: “Bodhisattvas não recebem bênçãos”.

Sutra Diamante – Capítulo 28 – Sem Recebimento e Sem Ganância.

Original

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: