O Fator Tempo

ORROZ

ORROZ, em seu pensamento, há uma indagação: “Por que meu diário não é diário? Como se explica os lapsos de tempo que ocorrem entre os registros?”

ORROZ, esses lapsos de tempo aos quais se refere representam uma compilação dos momentos de vacuidade da sua própria existência. Não são determinados por fatores externos, mas sim pelo inexorável fator tempo. Isto assombra aqueles que buscam a evidência a qualquer custo, e que não compreendem o fator tempo em suas vidas. Evidência, notoriedade, e tudo mais que esteja atrelado aos cinco agregados (os cinco skandhas) são fenômenos como outros quaisquer, e nem poderia ser diferente. Fenômenos são como ondas que se propagam para o infinito, sujeitas à atenuação imposta pelo fator tempo, conforme o entendimento dos humanos. No nosso entendimento, se propagam para a extinção tranquila, marca de todos os fenômenos.

Esses lapsos ocorrem momento após momento, em proporções infinitesimais, razão pela qual compilamos esses momentos e aqui os traduzimos em dias terrestres. Certo? Aconteceram quando as luzes da ribalta se apagaram, quando as câmeras se voltaram para outros assuntos do dia-a-dia, quando você praticou boas ações e transferiu os méritos das mesmas para o benefício de outros. É assim, ORROZ! É assim!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: