O Agente Fotosensitizante

ORROZ

Positivamente, ORROZ pode se apresentar em várias raias, bem como a maioria dos seres humanos. No seu caso, por ser um agente fotosensitizante[1], pode se desdobrar num tripleto[2] quando em estado de excitação elevada por fatores externos.

Apresenta-se na raia dos seis mundos trajado nas ilusões e com os skandhas à flor da pele, onde giram os mortais comuns sem nunca escaparem; apresenta-se na raia da erudição onde veste uma toga, mas é prisioneiro de suas próprias visões, onde residem os artistas, intelectuais, clérigos em geral, monges e monjas do pequeno veículo; e apresenta-se na raia superior onde aspira ao lugar dos iluminados[3] e, agora como uma onda, pretende projetar-se no futuro distante.

Observa-se que em todas as suas aparições o tripleto de ORROZ se revela, às vezes com destaque em uma das raias, mas sempre o tripleto. Daí a certeza de ser um agente fotosensitizante, pois nunca é visto na ausência dos holofotes; e se assim o for deverá ser como a sombra na completa escuridão, visível apenas pelos olhos dos sábios.


 

[1] Os agentes fotosensitizantes são substâncias geralmente no estado singleto, ou levadas ao estado singleto, e que, quando excitadas pela energia dos fótons de luz, vão ao estado tripleto.

http://sbccp.netpoint.com.br/ojs/index.php/revistabrasccp/article/viewFile/168/160

[2] Em Física Atômica – Multipleto – raia espectral que se pode subdividir em componentes muito próximos uns dos outros. Origina-se de transições eletrônicas em que os spins dos elétrons alteram ligeira e complicadamente os níveis de energia. Quando o multipleto é formado por duas raias, é um dubleto; quando tem três raias, é um tripleto, etc.

Em Física Nuclear – conjunto de partículas elementares que têm o mesmo número bariônico, massas aproximadamente iguais, mas diferem pela carga elétrica. Quando a família tem apenas dois membros, constitui um dubleto (por exemplo, o próton e o nêutron ); quando tem três membros, é um tripleto ( por exemplo, os mésons pi-mais, mésons pi-menos e pi-zero). Se só há uma partícula na família, ela é um singleto ou singuleto ( por exemplo, a partícula lâmbda).

Fonte: http://www.cepa.if.usp.br/energia/energia2000/turmaA/grupo6/SINGLETO.HTM

[3] Esses, com suas mentes já aquietadas, não mais se excitam como os demais diante das provocações, lisonja e outros apelos de Mara.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: