Amor, Compaixão e Doação

Amor, Compaixão e Doação

08/08/2018

Bom dia! Dôra está bem, e até a colocamos sentada durante uma hora hoje. Ontem foi um dia corrido, denso. Tarde da noite, quando me colocava a deitar, me veio à memória:

“Quando fores te engajar em um caminho, pergunta a ti mesmo se esse caminho possui um coração”, disse Dom Juan, o iniciador de Carlos Castañeda no livro “Os Ensinamentos de Don Juan”.

Se não o possuir, abandone-o por completo.

A segunda parte não está entre aspas porque puxei da memória. Naquela ocasião, coração para mim era como uma paixão. Hoje, coração para mim é como bem-querer. Enquanto paixão pressupõe reciprocidade, o quanto se vai ganhar; bem-querer é sempre na direção dos outros, e se exerce através da compaixão e verdadeiro espírito de retribuição/doação.

Por essa razão, é bom relermos os livros da nossa juventude, pois muito do que aprendemos lá pode ter sido através de uma visão distorcida. Isso pode mudar tudo, inclusive o que entendemos ser o amor e a felicidade. Dôra está de volta ao meu coração, livre de todas as rusgas e marcas da luta que somos obrigados a travar, não por escolha, mas pela edificação de algo que seja sólido e verdadeiro em nossas vidas. E isso não é fácil. Espero que não se ofendam, pois não sou, e nem tenho a pretenção de ser um iniciador como Don Juan, sou apenas o aprendiz que voltou depois de muita luta, e que busca acolhimento na amizade de vocês. Paz e bom dia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: