Náufragos do Poço dos Desejos

Shariputra, agora você sabe como eu os considero com os meus olhos Búdicos.
Eu vejo seres viventes nos seis caminhos,
empobrecidos, carentes de bênçãos e sabedoria,
entrando nos perigosos caminhos do nascimento e da morte,
onde sofrem incessantemente.
Eles estão profundamente apegados aos cindo desejos,
como um iaque enamorado da sua própria cauda,
eles sufocam a si mesmos com a avareza e a paixão,
cegos e no escuro, nada vêem.
Eles não procuram pelo poderoso Buda,
ou pela Lei que elimina os sofrimentos,
mas, ao invés, mergulham profundamente nas visões errôneas;
desejam livrar-se do sofrimento com mais sofrimento.
Em prol desses seres,
eu evoco um Sentimento de Grande Compaixão.

Excerto do CAP. 02 – Meios Hábeis, pág. 54.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: