Pérolas do Universo – Fascículo I

“É difícil nascer como humano;
mais difícil ainda é encontrar o Buda quando ele aparece no mundo.
É como no caso de uma tartaruga cega que,
em meio ao oceano, consiga acertar o furo de um tronco de madeira flutuante.
Eu agora ofereço comida e rogo que alcançarei a insuperável recompensa,
que destruirei as amarras da ilusão,
e que ela (a ilusão) não será mais forte.
Não procuro aqui obter um corpo celestial.
Mesmo que o tivesse ganhado, minha mente não estaria satisfeita.
O Tathagata aceita este meu oferecimento.
Nada poderia me satisfazer mais.
É como no caso de uma erva daninha mal-cheirosa,
mas que exala uma fragrância de madeira de sândalo.
Eu sou aquela erva daninha.”

Cunda, Capítulo II.

Leia mais em Pérolas do Universo – Fascículo I.



Conteúdo deste Fascículo:

A Cena do Mahaparinirvana do Buda

A Parábola da Terra Fértil

Oferecimentos de Alimentos

A Erva Daninha

O Sol Búdico e as Nuvens de Samsara

O Magnífico Campo de Prosperidade

O Maná do Dharma e o Castelo de Tesouros

O Repositório Secreto

As Quatro Inversões do Dharma

A Parábola da Água-Marinha

O Eu Búdico

O Segredo da Longa Vida

O Verdadeiro Discípulo

A Parábola do Pai Rigoroso

Paramartha-satya: A Verdade da Realidade Transcendente

O Todo-Maravilhoso dos Três Tesouros

Os Seis Sabores

Compreendendo a Eternidade do Tathagata

O Fogo da Sabedoria

Passos Para a Paz e Felicidade dos Seres

A Real e Profunda Intenção do Buda

O Universo do Físico e o do Bodhisattva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: