Uma Metáfora da Torre de Tesouro

Então, dizia:

“Estou muito satisfeito por ter iniciado esse trabalho com vocês. Doravante, nos veremos sempre. Estaremos sempre juntos com um único pensamento. O que isso pode significar? É como uma grande edificação. Não sou ‘eu’ a pensar, mas somos todos ‘nós’. Essa grande edificação, pode-se dizer, emerge do Grande Vazio e, no futuro, poderá até sofrer algumas pequenas fissuras ou pequenas perdas materiais. Mas, será sólida demais para ruir.”

Cenário:

Encontrava-me sentado num lugar central, como numa mesa redonda. As pessoas se postavam em círculo, às quais eu prelecionava. O conteúdo da preleção baseava-se num livro precioso e, ao prelecionar, já pensava no que viria a seguir. Entre essas pessoas estavam amizades recentes, mas também pessoas que há muito tempo não vejo como, por exemplo, uma amiga de faculdade para a qual eu não olhava diretamente, por estar à minha costa, mas sabia que ela estava lá.

Após a preleção, nos dirigimos para uma mesa onde muitas comidas estavam servidas. Conversávamos e falávamos das expectativas do nosso trabalho. Novamente disse: “Estou muito satisfeito”.

Acordei em 12/06/2011, às 03:30 hs. Foi apenas um sonho do qual acordei com uma sensação indescritível de bem-estar, uma satisfação plena. Levantei e pus-me a escrever o pouco que ainda recordava. Sonho? Estávamos todos lá. Pergunto-lhes: onde?

Marcos Ubirajara.

Em 12/06/2011.

a metaphor of the treasure tower.mp3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: