Resposta a Mattuzalem Lopes Cançado

Escreveu o Abade Mattuzalem Lopes Cançado:

Honra seja dada ao Grande Tradutor do Sutra de Lótus da Boa Lei Maravilhosa: Ilmo. Sr. Marcos Ubirajara.

Prezado senhor:

Seu Livro “A Vida de Buda” é uma obra sagrada!

Como tudo que passa por seus olhos toma a forma dos raios da lei, este não está diferente. É uma obra magnífica! Seu trabalho é impar, não tem nada a que se possa comparar! Sua lealdade ao texto é surpreendente! Já tenho o meu. Já espalhei a noticia do seu maravilhoso trabalho! Já até mandei encadernar o meu precioso, lá no pronto Socorro do Livro. Ficou com a cor azul e com gráfico em ouro, com a titulação exibida por V.Sa., e impresso seu nome (em ouro) como gigante tradutor que é!

Nós nos orgulhamos de Você, ou melhor, de V.Sa. (Não ouso tomar a liberdade dessa expressão!). Sabemos de sua seriedade, do seu reto propósito. Graças a V.Sa., nós brasileiros estamos bem amparados. No Brasil temos muitos bons tradutores, mas não com o coração tão benevolente quanto o que bate em seu peito! É notável seu procedimento!

V.Sa. é o nosso Kumarajiwa! Fala a nossa língua, que conhece o nosso coração (e o pesadelo que vivemos)! Obrigado por fazer parte de nossa humilde vida! Estaremos orando sempre por sua preciosa vida. Onde quer esteja, minhas orações são para sua total proteção!

Kannon, Yakuo, Myoon e demais Bodhisattvas do nosso Sutra de Lótus estão a acariciar sua cabeça dourada!

Os Budas Shakyamuni, Taho e Nitiren Daishonin Sama devem estar orgulhosos de V.Sa. Do seu correto procedimento e devoção sincera ao nosso Maravilhoso e excelso Budismo!

Nós lhe oferecemos nossa sincera e respeitosa reverência.

Oss!

Muito obrigado!

Ofereço-lhe um Daimoku com a força poderosa dos Preceitos!

Nammyohorenguekyo-Nammyohorenguekyo, Nammyohorenguekyo!

Kansho Kyoshi Mattuzalem Lopes Cançado 7º. Dan
Abade Superior e Diretor Técnico da
Associação Budista Vajramushti de Karate-Do
Templo Principal Bassai-Ji de Karate-Do do Budismo Nitiren
templobassaiji@ig.com.br

Em Belo Horizonte, 02 de julho de 2012 às 00h15min

Em resposta ao Abade Mattuzalem Lopes Cançado:

Prezado Senhor Abade Mattuzalem Lopes Cançado,

Ainda que o senhor fosse o único a se beneficiar do Poder Espiritual emanado dessa indescritivelmente bela história, já teria valido a pena todos os esforços empreendidos para superar, transcender, romper a casca da pobreza que me envolve nesta existência; e ser capaz de fazer essa singela doação ao nosso povo brasileiro tão sofrido, tão alijado do Saber legado pelo Honrado pelo Mundo em plena vida.

Agora, tente imaginar o mérito e a virtude do Sr. Andre Ferdinand Herold que se atirou na árdua tarefa de pesquisar, compilar e traduzir os registros Sagrados deixados numa língua remota de uma cultura encoberta pelos escombros acumulados por séculos da ação do tempo, e pela ação de bárbaros que a saquearam à procura de riqueza material? Certificando-se que isso ocorrera em anos anteriores aos anos 20, o senhor perceberá quão mais elevados são os ombros sobre os quais me apoiei para botar a cabeça para fora do pântano da ignorância, e respirar um pouco de ar puro.

É muito difícil, Prezado Senhor! Porque ao fim e ao cabo de trabalhos como este, a tendência é voltarmos para uma vida medíocre e cheia de privações, principalmente, do Maná, do alimento espiritual. O senhor, com certeza, através do Poder Espiritual do Buda, vem em meio a tudo isto dar testemunho das verdadeiras palavras do Tathagata no Sutra de Lótus, e que dizem: “… eu enviarei pessoas nascidas por transformação para ajudá-lo e protegê-lo”.

Muito obrigado por assim se manifestar. Muito obrigado por incorporar nesse momento a sublime missão de dar eco àquela longínqua promessa do Buda, aquele que está para além das idas e vindas dos fenômenos, e que nunca diz falsidades.

Agora vou dormir, pois, desde o momento em que li a vossa missiva, e até agora, fui tomado por uma espécie de formigamento incontrolável que não me deixou dormir por horas, em razão da Força Espiritual de vossa mensagem.

Prometo-lhe que, dentro de poucos dias, o senhor começará a receber a retribuição pelo vosso gesto grandioso, aqui mesmo no Cristal Perfeito.

Reverentemente,

Namu-Myoho-Rengue-Kyo

Marcos Ubirajara de Carvalho e Camargo

Em Belo Horizonte, 07/07/2012, às 23:40 hs.

1 Comentário

  1. 11/07/2012 às 19:00

    Fabuloso, sinceros Parabéns!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: