O Reino do Dharma Penetrado e Transformado

Sutra:

“Subhuti, o que você pensa? Se alguém preenchesse os três mil grandes sistemas de mil mundos com as sete gemas preciosas e desse-lhes como um oferecimento (doação), por aquela razão essa pessoa obteria muitas bênçãos?”

“Assim é, Honrado pelo Mundo. Por aquela razão essa pessoa obteria muitíssimas bênçãos.”

“Subhuti, se bênçãos e virtudes fossem reais, o Tathagata não teria pregado sobre a obtenção de muitas bênçãos. É em virtude de bênçãos e virtudes não existirem que o Tathagata pregou sobre a obtenção de muitas bênçãos.”

Comentário:

Na parte anterior do texto o Buda Shakyamuni disse que pensamentos do passado, presente e futuro não podem ser capturados. Então, ele indagou a Subhuti: “Suponha que houvesse uma pessoa que pegasse tantas das sete gemas preciosas quanto as que preencheriam os três mil grandes sistemas de mil mundos e desse-lhes como um oferecimento. Em razão de tais causas e condições a retribuição das bênçãos seriam grandes ou não?”

Subhuti respondeu que a pessoa teria muitas bênçãos. Mas o Buda afirmou que se as bênçãos tivessem uma substância real, se houvesse algo tangível que as representasse, então o Tathagata não teria pregado sobre as muitas bênçãos obtidas por aquela pessoa. Uma vez que não há substância real e nem qualquer coisa (tangível) que se possa apontar, o Tathagata diz que a pessoa obteria muitas bênçãos.

Sutra Diamante – Capítulo 19 – O Reino do Dharma Penetrado e Transformado.

Original

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: