Os Portais da Libertação XLIII (O Trono de Leão do Buda)

Sutra Guirlanda de Flores
Avatamsaka Sutra

Naquela ocasião, o Trono de Leão do Buda, sua plataforma redonda de requintadas flores de muitas joias, sua base, degraus, portas, e todos os seus embelezamentos, cada um produziu tantos grandes seres iluminantes quanto os átomos que há numa Terra Búdica. Seus nomes eram Sabedoria Oceânica, Rei Soberano dos Poderes Ocultos; Trovão Tremendo Tudo; Diadema de Luz de Muitos Tesouros; Inteligência Ousada do Filho do Conhecimento; Selo do Conhecimento Feito de Tesouros de Inconcebíveis Qualidades; Diadema do Lótus de Cem Olhos; Esferas de Luz de Chamas Douradas; Som Universal do Cosmos; Nuvem de Som da Lua Pura; Estandarte de Luz da Coragem Benevolente. Havia os líderes, e havia tantos deles quanto os átomos que há em muitas Terras Búdicas.

Ao mesmo tempo em que apareceram, cada um desses seres iluminantes produziu nuvens de vários oferecimentos: Por exemplo, nuvens de flores de todas as joias, nuvens de todas as fragrâncias sutis da Floração do Lótus, nuvens de esferas de luzes preciosas, nuvens de chamas fragrantes de ilimitados reinos, nuvens de joias como esferas de luz do tesouro do sol, nuvens de todos os sons musicais agradáveis, nuvens de chamas de luz de todas as lâmpadas preciosas, com ilimitadas cores e formas, nuvens de ramos, flores e frutos de árvores de muitas joias, nuvens de joias régias com inesgotável e pura radiância, nuvens de todas as mais finas gemas decorativas; havia tantas nuvens de vários oferecimentos quanto os átomos que há num Mundo Búdico. Cada um desses seres iluminantes produziu tais nuvens de oferecimentos incessantemente, chovendo nas assembleias oceânicas em todos os assentos da iluminação.

Tendo manifestado essas nuvens, eles circundaram o Buda pelo lado direito, circundando-o incontáveis centenas de milhares de vezes. De qualquer direção que eles vieram, ali, não longe do Buda, eles produziram magicamente inumeráveis Tronos de Leão de Lótus de vários tesouros, e cada um sentou-se neles com as pernas cruzadas.

As esferas de ações desses seres iluminantes eram puras e vastas como o oceano. Eles haviam alcançado o estado da universalidade da iluminação do conhecimento e sabedoria. Seguindo os Budas, eles eram desobstruídos em suas ações. Eles eram capazes de penetrar o oceano de todos os princípios de discernimento e elucidação, e tinham dominado o ensino de inconcebível libertação. Eles residiam no estado de total imparcialidade dos Budas. Eles já haviam dominado todas as técnicas de fórmulas de concentração, e eram capazes de reter o oceano de todos os ensinamentos. Eles residiam no estado de conhecimento equânime do passado, presente e futuro. Eles haviam atingido a imensa alegria da fé profunda. Seus ilimitados repositórios de bênçãos eram os mais puros. Eles observavam todos os lugares no espaço através do cosmos. Eles diligentemente fizeram oferecimentos a todos os Budas que apareceram em qualquer terra em todos os mundos.


Livro Um – Os Adornos Maravilhosos dos Líderes dos Mundos

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: