Ao EU, Nada Pertence

27/08/2018

Bom dia! Hoje Dôra retornou aos exercícios de ingestão de alimentos pastosos, no que ela está indo muito bem. É comovente porque, nesse processo, a Fonoaudióloga também exercita a recuperação da fala, e aí vemos que nada disso nos pertence. Respirar, alimentar, falar, gesticular, andar e muitas outras funções vitais. O que fazemos conscientemente para preserva-las? Nada, porque achamos que essas coisas pertencem ao “eu” de cada um, e nem agradecemos pela dotação de tais capacidades. Vivendo e aprendendo. Bom dia!

%d blogueiros gostam disto: