Pérolas do Universo – Primeira Edição

“Oh você! Se alguém alcançasse o Caminho através da penitência [prática de austeridades], todos os animais deveriam atingi-lo. Esse é o porquê alguém primeiro subjuga a mente e não o corpo. Por isso, Eu digo no meu sutra que se deve derrubar a floresta, mas não a árvore. Por quê? Da floresta, adquire-se medo, mas não da árvore. Se uma pessoa deseja ajustar o seu corpo, ela deve primeiro ajustar a mente. A mente é a floresta, e o corpo é a árvore. Assim devemos comparar as coisas.”

Sutra do Nirvana, CAP. 46 – O Bodhisattva Kaundinya 2.

Leia mais em Pérolas do Universo, agora em um único volume. São 469 páginas do mais puro, profundo e detalhado ensinamento do Buda sobre o insuperável Dharma do Mahayana.

Pérolas do Universo

Click na imagem para leitura ou download.

Para Ser Lótus – Primeira Edição

Quando Um Guerreiro Encontra a Paz

“Rei da Constelação Flor! Este Sutra pode salvar todos os seres viventes. Este Sutra pode levar todos os seres viventes a libertarem-se de todo o sofrimento e aflição. Este Sutra pode beneficiar enormemente todos os seres viventes, cumprindo seus votos. Assim como uma fonte límpida e fresca pode saciar a sede de todos; assim como quando uma pessoa com frio encontra o fogo; assim como quando uma pessoa nua encontra roupa; assim como quando um mercador encontra o comprador; assim como quando uma criança encontra sua mãe; assim como quando um passageiro encontra uma embarcação; assim como quando uma pessoa doente encontra um médico; assim como quem na escuridão encontra uma lâmpada; assim como quando uma pessoa pobre encontra um tesouro; assim como quando um povo encontra um rei; assim como quando um comerciante encontra o mar; assim como a tocha dissipa a escuridão, o Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa, da mesma forma, pode levar os seres viventes a viver sem qualquer sofrimento, doença e dor; ele pode desatar todos os laços do nascimento e da morte”.

Excerto do CAP. 23: Os Feitos Passados do Bodhisattva Rei da Medicina

Ser Lótus é assim como quando um guerreiro encontra a Paz; é assim como quando quem arde nos fogos dos desejos, encontra o conforto em nada possuir; é assim como quando ao olharmos os seres viventes, vermos a sua Natureza de Buda.

Marcos Ubirajara.
Em 21/10/2008, às 05:00 hs.

Leia mais em Para Ser Lótus – Primeira Edição. Este volume reúne a série de 13 fascículos já publicados em Cristal Perfeito, reunindo-os num único arquivo. Seus hiperlinks são ativos, permitindo ampla consulta às referências do texto em tempo de leitura.

Para Ser Lótus

Click na imagem para leitura ou download

Conteúdo deste volume:

FASCÍCULO I

Para Ser Lótus. 10

O Samadhi da Não-Distinção   12

O Desabrochar do Lótus  13

A Ressonância do Dharma  13

A Chave do Portal da Sabedoria  14

As Perambulações de Um Aprendiz  16

As Práticas em Prol da Via do Buda  17

O Que Há Para Ser Compreendido   19

FASCÍCULO II

A Via Recíproca que os Budas Exultam. Exultai!  22

O Segredo Essencial de Todos os Budas  24

A Verdadeira Conversão ao Lótus da Lei Maravilhosa  25

A Via do Bodhisattva. 26

Os Três Veículos em Prol do Veículo Único do Buda  28

O Grande Veículo como Retribuição pela Fé   29

A Verdadeira Causa do Advento do Buda no Mundo Tríplice   31

FASCÍCULO III

Compreendendo os Meios Hábeis dos Três Veículos  34

O Grande Veículo do Buda ou do Bodhisattva: o Mesmo Veículo!  35

A Transposição do Grande Portal 36

A Metáfora do Mundo Saha  38

A Metáfora do Corpo Físico   39

Os Reis de Todos os Fenômenos  40

Trovões que Convidam a Sair da Casa em Chamas  42

FASCÍCULO IV

O Doce Sabor da Chuva Universal 46

O Buda do Tempo Sem Começo   48

A Louvação dos Filhos do Buda  49

A Súplica dos Filhos do Buda  51

A Súplica dos Reis do Céu Brahma  52

A Lei da Causação. 54

FASCÍCULO V

A Pregação Original do Sutra de Lótus  58

Os Mestres Originais do Sutra de Lótus  59

Buda Shakyamuni, O Buda da Direção Nordeste   61

Os Discípulos Originais do Buda Shakyamuni 62

A Parábola da Pérola de Valor Inestimável 63

As Águas do Vasto Oceano   66

FASCÍCULO VI

Ananda, O Guardião da Lei 70

Rahula, O Primogênito   73

A Iluminação dos Aprendizes e Adeptos  75

Os Enviados do Buda. 76

Maitreya, O Maior Dentre os Pregadores  77

FASCÍCULO VII

O Rei dos Sutras. 82

Yashodhara, a Mãe de Rahula  83

O Estabelecimento do Mestre da Lei 85

A Parábola da Pessoa Sedenta  86

A Solene Promessa do Buda  88

Os Desígnios do Lorde Buda  90

FASCÍCULO VIII

O Som Estrondoso da Torre de Tesouro   94

O Voto do Buda Muitos Tesouros, Prabhutaratna  95

O Solo de Cristal das Terras Búdicas  96

A Purificação das Terras Búdicas  97

A Abertura da Torre de Tesouro   101

O Legado do Sutra de Lótus  101

Momento de Decisão   102

FASCÍCULO IX

O Voto dos Sábios, Sobre Ostentar o Corpo do Buda  106

O Voto dos Mahasattvas, O Rugido do Leão   107

Cultivando Pensamentos Pacíficos  108

Os Grandes Mestres dos Últimos Dias da Lei 109

O Ato Derradeiro do Honrado pelo Mundo   110

Compreendendo o Vazio   112

O Gestual dos Bodhisattvas da Terra  114

Os Líderes dos Bodhisattvas da Terra  114

As Virtudes Douradas dos Grandes Bodhisattvas  115

FASCÍCULO X

O Segredo e o Poder do Tathagata  118

Buda, Por que não o vemos?  119

A Revelação dos Méritos e Virtudes do Passado   120

Encontro-me em Ti 122

A Terra Pura do Buda  122

Os Três Tesouros. 124

O Pensamento Único do Buda  125

Itinen Sanzen. 125

FASCÍCULO XI

A Prática Para Si e a Prática do Bodhisattva  130

Sobre Ver o Buda. 131

As Virtudes de um Sábio   131

A Visão dos Mestres da Lei 132

A Audição dos Mestres da Lei 133

O Olfato dos Mestres da Lei 135

O Paladar e a Voz dos Mestres da Lei 138

O Corpo dos Mestres da Lei 139

A Mente dos Mestres da Lei 141

FASCÍCULO XII

Louvores ao Honrado pelo Mundo   144

Lugares Sagrados do Sutra de Lótus  144

Sobre Receber e Ostentar o Sutra de Lótus  145

Retribuição à Benevolência dos Budas  147

Devoção e Fé no Sutra de Lótus  148

Quando um Guerreiro Encontra a Paz  148

A Fé Como Princípio da Cura  150

A Reverência Como Fundamento do Saber  150

FASCÍCULO XIII

O Bodhisattva Som Maravilhoso   154

O Samadhi do Bodhisattva Som Maravilhoso   155

Ode ao Bodhisattva Guanshiyin   157

O Presente Universal 158

O Voto do Rei Adorno Maravilhoso   159

Méritos que Conduzem ao Sutra de Lótus  160

O Voto de Samantabhadra, o Universalmente Meritório   160

A Prática da Conduta de Samantabhadra  162

Aquele que Olha Tudo ao Redor e Então se Vai

“Dizemos que a pessoa olha tudo ao redor e então se vai. Esse é o Sakrdagamin. Sua mente é totalmente orientada para a Via, ele pratica a Via, e no sentido de cortar a cobiça, a ira, a ignorância e a arrogância, ele, como o peixe ‘timi’, olha ao redor, e então se vai à busca de comida.”

Leia Mais no Sutra do Nirvana, Capítulo 42 – Sobre o Bodhisattva Kashyapa 3.

one who looks all around and then goes of.mp3

Avaivartika – 8

O Avaivartika e as relações causais das 32 Marcas da Perfeição do Tathagata.

“O Bodhisattva-Mahasattva (25) aparta-se da língua-dúbia, da maledicência e de uma mente irada. Por conta disto, seus 40 dentes são brancos e puros, bem-balanceados e delicados.

O Bodhisattva-Mahasattva (26) pratica o Grande Amor-Benevolente com relação aos seres. Devido a isto, ele ganha a face de duas-presas.

O Bodhisattva-Mahasattva faz um voto: (27) ‘A quaisquer pessoas que venham e peçam, darei conforme queiram ter’. Em razão disto, ele ganha o rosto do leão.”

Sutra do Nirvana, Capítulo 34, sobre o Bodhisattva Rugido do Leão 2.

avaivartika 8.mp3

Avaivartika – 7

O Avaivartika e as relações causais das 32 Marcas da Perfeição do Tathagata.

“O Bodhisattva-Mahasattva (22) doa, não amealha ou regateia o que é raro, e facilmente compartilha as coisas; (23) não faz distinções entre o que é um campo de prosperidade ou um não-campo de prosperidade [isto é, o recipiente da doação – caridade – é semelhante a um campo, cuja cultivação traz bênçãos e virtudes para uma pessoa]. Em razão disto, ele é pleno e firme nos sete lugares do seu corpo.

O Bodhisattva-Mahasattva (24) busca a riqueza de forma lícita e sempre dá isto [aos outros]. Em razão disto, as partes sem ossos [do seu corpo] são maciças, a parte superior é como aquela de um leão, e seus cotovelos são bem-balanceados e delicados.”

Sutra do Nirvana, Capítulo 34, sobre o Bodhisattva Rugido do Leão 2.

avaivartika 7.mp3

Avaivartika – 6

O Avaivartika e as relações causais das 32 Marcas da Perfeição do Tathagata.

“O Bodhisattva-Mahasattva prontamente (19) aproxima-se de homens sábios, apartando-se dos ignorantes; (20) tem prazer em mudar pontos de vista e limpa o caminho por onde ele passa. Por conta disto, sua pele é delicada e macia, e seus cabelos do corpo inclinam para o lado direito.

O Bodhisattva-Mahasattva (21) sempre dá aos homens roupas, comida e bebida, remédios, incenso e flores, e velas. Em razão disto, seu corpo brilha resplandecente numa cor dourada e suave.”

Sutra do Nirvana, Capítulo 34, sobre o Bodhisattva Rugido do Leão 2.

avaivartika 6.mp3

O Daimoku do Sutra de Lótus

Sutra de Lótus

Click na imagem para leitura ou download do livro Sutra de Lótus – 2a. Edição

Eis o Daimoku do Sutra de Lótus.

“O Grande Sábio, o Honrado pelo Mundo,

em meio às multidões de seres celestiais e humanos,

proclama essas palavras dizendo:

‘Eu sou o Tathagata,

o Honrado e Duplamente Realizado.

Apareço neste mundo como uma grande nuvem,

humidificando a todos os ressequidos seres viventes,

de tal forma a que todos se libertem dos sofrimentos,

obtendo a paz, a felicidade e a alegria mundanas,

e também a alegria do Nirvana.

Todos os seres celestiais e humanos aqui reunidos,

ouçam atentamente em pensamento único.

Todos deveriam vir aqui para contemplar aquele de Honradez Insuperável.

Eu sou o Honrado pelo Mundo,

aquele que está além das comparações.

Para trazer a paz e a tranqüilidade aos seres viventes,

manifesto-me neste mundo e,

em prol da assembléia,

eu prego o doce orvalho da pura Lei.

A Lei de um único sabor,

o sabor da libertação e do Nirvana.

Usando um singelo e maravilhoso som,

eu proclamo este princípio[1] constantemente criando as causas e condições para o Grande Veículo.

Eu contemplo a tudo e a todos como sendo iguais,

sem ‘este’ ou ‘aquele’ e sem sentimentos de amor ou ódio.

Eu não tenho a ganância ou o apego,

e não tenho limites ou obstáculos.

Constantemente, para cada um,

eu prego o Dharma igualmente,

pregando para uma única pessoa como o faria para as multidões.

Eu constantemente exponho e proclamo a Lei,

e não tenho outro trabalho.

Indo, vindo, sentado ou em pé,

eu nunca me torno fatigado,

preenchendo todo o mundo como a umidade da chuva universal”.


[1] Creio que esta passagem nos proporcione um mergulho nas profundezas deste ensino. “Usando um singelo e maravilhoso som, eu proclamo este princípio (da Lei de um único sabor)”. No Capítulo 24, o Bodhisattva Som Maravilhoso ao chegar ao mundo Saha de uma terra distante chamada Adornada com Pura Luz, revela seu corpo: “Os (Grandes) Olhos do Bodhisattva eram como as imensas pétalas de um lótus azul”. Esse Bodhisattva possuía o samadhi do Lótus da Lei Maravilhosa, dentre outros inúmeros samadhis, e foi instruído pelo Buda Sabedoria do Rei da Constelação Pura Flor para não menosprezar pelo pequeno tamanho o Buda e os Bodhisattvas que ele encontraria no mundo Saha, tal como neste capítulo o Buda faz chover igualmente para todos os seres, grandes ou pequenos, vendo a todos como universalmente iguais. Daimoku (que se traduz como Grande Olho) quer dizer título. Este Bodhisattva, com seus Grandes Olhos, representa o Título do Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa; e o seu séqüito de 84.000 (oitenta e quatro mil) Bodhisattvas, que o acompanhavam, representa o conjunto dos 84.000 caracteres do Sutra de Lótus. Este Som Maravilhoso através do qual o Buda expõe a Lei de um único sabor e proclama o seu princípio é a entoação do título do Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa: “Sadharma Pundarika Sotaram” ou “Myoho-Rengue-Kyo”. Este samadhi e dharani têm o poder de beneficiar igualmente a todos os seres, assim como a chuva do Dharma tem um único sabor e cai igualmente para todas as plantas.

Extraído do CAP. 05: Ervas Medicinais.

Sutra de Lotus
Foto de Marcos Ubirajara. Local: Sítio da Dôra em 20/05/2007.

A Manifestação do Som Maravilhoso do Daimoku do Sutra de Lótus

A Revelação do Corpo Incorruptível do Daimoku do Sutra de Lótus

O Samadhi do Daimoku do Sutra de Lótus

Sutra de Lótus Download da 2a. Edição

click na imagem para leitura ou download

CAPITULO 1

%d blogueiros gostam disto: