Pérolas do Universo – Primeira Edição

“Oh você! Se alguém alcançasse o Caminho através da penitência [prática de austeridades], todos os animais deveriam atingi-lo. Esse é o porquê alguém primeiro subjuga a mente e não o corpo. Por isso, Eu digo no meu sutra que se deve derrubar a floresta, mas não a árvore. Por quê? Da floresta, adquire-se medo, mas não da árvore. Se uma pessoa deseja ajustar o seu corpo, ela deve primeiro ajustar a mente. A mente é a floresta, e o corpo é a árvore. Assim devemos comparar as coisas.”

Sutra do Nirvana, CAP. 46 – O Bodhisattva Kaundinya 2.

Leia mais em Pérolas do Universo, agora em um único volume. São 469 páginas do mais puro, profundo e detalhado ensinamento do Buda sobre o insuperável Dharma do Mahayana.

Pérolas do Universo

Click na imagem para leitura ou download.

Um Novo Trabalho

Em 08/10/2008, obtive um original do Sutra Mahayana do Mahaparinirvana traduzido para o Inglês por Kosho Yamamoto; editado e revisado pelo Dr. Tony Page (Nirvana Publications, London, 1999-2000) em http://www.nirvanasutra.org.uk. Comecei a lê-lo, sempre lembrando as referências que o Grande Mestre Nitiren Daibossatsu fazia ao Nehankyo – O Sutra do Nirvana em Japonês. O desafio era grande, pois, além do enorme volume – cerca de 1.500 páginas, o inglês não era simples, pois se tratava de uma tradução feita na década de 20. Mas senti uma verdadeira compulsão de aceitar o desafio e traduzir o Sutra do Nirvana, mais para apreendê-lo do que por outro motivo. Iniciei esse novo trabalho no dia 10 daquele mês de outubro de 2008. Essa tradução viria a ser concluída exatos 2 (dois) anos após, em 04/10/2010. Os 46 (quarenta e seis) capítulos do Sutra Mahayana do Mahaparinirvana estão disponíveis no blog Cristal Perfeito, bem como uma coleção de 17 (dezessete) fascículos intitulada “Pérolas do Universo”, contendo passagens do Sutra do Nirvana, a qual considero uma fonte inesgotável de aprendizado para aqueles que buscam o Caminho. Eis os hiperlinks:

Sutra do Nirvana

SUTRA DO NIRVANA - CAPITULO 46

Click na imagem para leitura on-line ou download.

Pérolas do Universo

Pérolas do Universo 17

Click na imagem para leitura on-line ou download.

Continua no próximo episódio semanal de:

A História da Tradução do Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa

por Marcos Ubirajara de Carvalho e Camargo.

Episódios Anteriores:

O Fato Motivador da Tradução do Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa

O Último Dia

O Avatar

Um Novo Original do Sutra de Lótus

O Lótus Azul

A correspondência com a BTTS

A Criação dos Blogs e os Primeiros Volumes do Sutra de Lótus

A Decisão por uma Autopublicação do Sutra de Lótus

A Nitiren Shoshu

Missiva a Mattuzalem Lopes Cançado

Missiva a William Garcia

Pearls of Universe – Volume III

Ver este documento no Scribd

CONTENTS
THE MEDICINE OF THE UNIQUE TASTE ………………………………. 3
THE UNIQUE TASTE OF THE THREE TREASURES ……………………… 4
THE DILEMMA OF DUALITY AND THE MIDDLE PATH ………………… 5
THE BRIGHTNESS AND IGNORANCE …………………………………… 8
THE BUDDHA NATURE WITHIN US ………………………………….. 10
THE CONSCIENCE OF OWNING THE BUDDHA NATURE ……………. 12
THE PARABLE OF THE MANDARIN DUCK AND KACALINDIKAKA …… 13
THE PARABLE OF THE MOON ……………………………………….. 14
THE ETERNAL FULL MOON ………………………………………….. 14
THE TRUE ASPECT OF ORIGINAL KARMA …………………………… 15
THE PARABLE OF THE GOOD SON …………………………………… 17
THE BRIGHTNESS OF THE MOON ……………………………………. 18
THE WONDERFUL CAUSE OF ENLIGHTENMENT ……………………. 18
THE DAWN OF THE GREAT NIRVANA ……………………………….. 19
THE GREAT SKILLED DOCTOR ……………………………………….. 20
THE MASTER OF THE SUPREME ART ……………………………….. 21
THE KING OF THE WIND …………………………………………….. 22
THE SKIN OF THE SNAKE …………………………………………….. 23
THE WISE MINISTER …………………………………………………. 24
THE GREAT NIRVANA IN THE EVIL AGE …………………………….. 25

Pérolas do Universo – Fascículo XVII

“A pessoa sábia pensa profundamente sobre o mundo. Ela vê: ‘Ele não é um lugar para se refugiar, para adquirir Emancipação, quietude, amor, não é a outra margem, e nada tem do Eterno, Êxtase, do Eu, e do Puro. Se eu procurar o mundo avidamente, como posso afastar-me dele? Isto é como com um homem que, abominando a escuridão, busca a luz e, no entanto, volta novamente para a escuridão. A escuridão é o mundo; a luz é o Supramundano. Se eu aderir ao mundo, mergulharei na escuridão e me afastarei da luz. Escuridão é ignorância, e luz é o Brilho da Sabedoria. A causa do Brilho da Sabedoria é a imagem onde não se sente qualquer expectativa de deleitar-se nas coisas mundanas. Toda a cobiça nada mais é que o laço da impureza. Agora buscarei avidamente a luz da Sabedoria, e não o mundo’. A pessoa sábia medita assim. Essa é a imagem onde não se busca (nada) para si.”

Neste Fascículo XVII, que foi o último de série Pérolas do Universo.

Pérolas do Universo 17

Click na imagem para leitura on-line ou download.

Conteúdo deste Fascícul

A CASA DO TESOURO    3

DA RAIZ AO ULTIMADO     7

O TOQUE DO BRILHO     9

DO SENTIMENTO À CONSECUÇÃO     10

A MEDITAÇÃO GROSSEIRA    11

A MEDITAÇÃO MINUCIOSA    13

O BRILHO DA SABEDORIA      14

EXISTÊNCIA OU EXTINÇÃO MOMENTÂNEA      16

TRÊS TIPOS DE DOENÇAS DOS SERES      17

A CONVERSÃO DE VASISTHA     17

AS VIRTUDES DE VASISTHA     19

EU FANTASMA      19

ORGULHO      21

OS DOIS LADOS E O INTERMÉDIO       22

POR QUE DOMINAR A MENTE      23

 

ENGLISH VERSION
Ver este documento no Scribd

Pérolas do Universo – Fascículo XV

“Embora exista a diferença do tempo, o corpo é um. O mesmo é o caso com a Natureza de Buda dos seres. ‘Se alguém diz que no ser existe uma Natureza de Buda separada, isto não é assim. Por quê? Porque o ser é a Natureza de Buda, e a Natureza de Buda é o ser. Através da diferença no tempo, temos a diferença do Puro e o não-Puro’.”

Leia mais em Pérolas do Universo, Fascículo 15.

Perolas do Universo 15

Click na imagem para leitura on-line ou download.

Conteúdo deste Fascículo:

Sete Tipos de Pessoas às Margens do Ganges 3

Primeiro Tipo de Pessoas 4

Segundo Tipo de Pessoas 5

Terceiro Tipo de Pessoas 5

Quarto Tipo de Pessoas 6

Quinto Tipo de Pessoas 7

Sexto Tipo de Pessoas 7

Sétimo Tipo de Pessoas 8

A Parábola dos Cegos e o Elefante 9

A Vida, a Cor e a Fama do Bodhisattva 11

A Terra Sobre a Unha do Dedo 12

Inumeráveis Nomes para Uma Coisa 13

Um Significado para Inumeráveis Nomes 14

Inumeráveis Significados para Inumeráveis Nomes 15

Inumeráveis Nomes para Um Significado 16

Um Monge Chamado Kutei 16

A Virtude da Dúvida 17

O Aspecto Temporal dos Seres 18

Quando Falo da Minha Própria e Livre Vontade 19

Quando Falo Seguindo a Vontade de Outros 20

Quando Falo Seguindo Minha Própria Vontade e a de Outros  22

Aquele que Sempre Afunda 23

Aquele que Afunda e Flutua Novamente 24

Aquele que Flutua e Permanece 26

Aquele que Flutua e Olha Tudo ao Redor 28

Aquele que Olha Tudo ao Redor e Então se Vai 29

Aquele que Sai e Então Permanece Lá 30

Aquele que Alcança a Outra Margem  31

Pérolas do Universo – Fascículo XIII

“No Caminho do Bodhi, não há alguém que retorne. Oh bom homem! Aquele que se arrependeu após ter começado, agora vê os que foram antes e que obtiveram tesouros, os vê voltarem imperturbáveis, e fazerem oferecimentos aos seus pais, darem aos seus parentes, desfrutando de muita paz. Ao ver isto, um fogo queima novamente em sua mente, ele adorna o seu corpo, reinicia no caminho outra vez, não mede esforços, enfrenta todos os tipos de dificuldades, e vai à Montanha dos Sete Tesouros.”

Leia mais em Pérolas do Universo – Fascículo XIII

Perolas do Universo 13

Click na imagem para leitura on-line ou download

Conteúdo deste Fascículo:

OS PRECEITOS DO BODHISATTVA 3
POR QUE DEFENDER PRECEITOS 4
SOBRE VER O TATHAGATA E A NATUREZA DE BUDA 5
VER O QUE TEMOS EM COMUM 6
CAUSA E CONDIÇÃO DO INSUPERÁVEL BODHI 7
SANGHA É HARMONIA 8
TREZE FATORES CONDUCENTES À RETROAÇÃO DO BODHISATTVA 9
SEIS FATORES QUE DESTROEM A MENTE DO BODHI 10
A MENTE QUE NÃO RETROAGE 11
PARÁBOLA DA FONTE LÍMPIDA 11
DE VOLTA À MONTANHA DOS SETE TESOUROS 13
AVAIVARTIKA – 1 14
AVAIVARTIKA – 2 15
AVAIVARTIKA – 3 15
AVAIVARTIKA – 4 16
AVAIVARTIKA – 5 17
AVAIVARTIKA – 6 17
AVAIVARTIKA – 7 18
AVAIVARTIKA – 8 19
AVAIVARTIKA – 9 19
AVAIVARTIKA – 10 20
A ESTAMPA E O BARRO 21
A EXTINÇÃO DOS CINCO SKANDHAS 21
OS PILARES DO SAMSARA 22
A PRÁTICA DA VIA 23
COMO PRATICAR PRECEITOS 24
COMO PRATICAR SAMADHI 25
COMO PRATICAR SABEDORIA 26
POR QUE PRATICAMOS 27

Pérolas do Universo – Fascículo XI

“Oh bom homem! Por exemplo, colocamos uma coleira num cão e o prendemos a um pilar, e ele ronda o pilar o dia inteiro e não pode escapar. É o mesmo com todos os seres. Eles vestem o grilhão da ignorância, estão presos ao pilar do nascimento e da morte, repetem vidas através das 25 existências, e não podem escapar.

Oh bom homem! Por exemplo, há um homem que cai no banheiro, levanta-se, e cai novamente. Uma pessoa é curada de uma doença e então contrai a causa da doença novamente. Um viajante, em seu caminho, atravessa um deserto. Após tê-lo atravessado, ele retorna para o deserto novamente. Uma pessoa lava o seu corpo e então o enlameia novamente. Isto é como as coisas acontecem com todos os seres. Uma pessoa já está fora (isto é, ultrapassou) do estágio (‘bhumi’) da não-posse [isto é, o oitavo dos nove estágios de treinamento mental, no qual alguém não tem mais o sentido de posse], e ainda não está completamente fora do estágio (‘bhumi’) da irreflexão-não-irreflexão [isto é, o estágio final da prática mental]. E ela volta para os três reinos do infortúnio. Por quê? Todos os seres pensam somente sobre os resultados e não sobre a causação. É como com um cão que vai atrás de uma peça de barro (estátua), e não atrás do homem em si. É o mesmo com o mortal comum. Ele pensa somente sobre os resultados e não sobre as relações causais. Não pensando sobre isto, ele retorna do estágio (‘bhumi’) da irreflexão-não-irreflexão e cai nos três reinos do infortúnio.”

Leia mais em Pérolas dos Universo – Fascículo XI.

pearls of universe 11.mp3

Perolas do Universo 11

Click na imagem para leitura on-line ou download

Conteúdo deste Fascículo:

O Tathagata Não Entra no Nirvana  3

O Bodhisattva Extirpa Cinco Coisas  4

O Bodhisattva Aparta-se de Cinco Coisas  5

O Bodhisattva Realiza Seis Coisas  6

O Bodhisattva Pratica Cinco Coisas  7

O Bodhisattva Protege Uma Coisa  7

O Bodhisattva Aproxima-se das Quatro Coisas  8

O Bodhisattva é Fiel a Um Pensamento Único   8

O Bodhisattva Emancipa Completamente a Sua Mente  9

O Círculo Vicioso da Existência Mundana  9

Pérolas do Universo – Fascículo 10

“É difícil nascer como humano. Isto pode ser comparado ao desabrochar da flor de Udumbara. Mas agora o alcancei [isto é, o estado de um ser humano]. É difícil encontrar o Tathagata, mas agora o encontrei. É difícil ver e ouvir o tesouro prístino do Dharma, mas agora o ouvi. Isto é como acontecer de uma tartaruga cega encontrar um buraco num pedaço de madeira flutuante. A vida é muito mais breve e fugaz do que a água corrente de um córrego da montanha. Vive-se hoje, mas não se pode ter a certeza do amanhã. Como alguém pode abandonar o seu pensamento por aquilo que está errado? O auge da vida se esvai tão rapidamente quanto um cavalo galopante. Como pode alguém depender [do que é transitório] e ser arrogante? É como a situação onde um demônio senta-se à espera da realização das ações erradas por um humano. É o mesmo com os demônios dos quatro grandes elementos. Eles sempre vêm e procuram por alguma falha de alguém. Como pode alguém oferecer oportunidade para as más sensações?”

Leia mais em Pérolas do Universo – Fascículo 10.

pearls of universe 10.mp3

Perolas do Universo 10

Click na imagem para leitura on-line ou download

Conteúdo deste Fascículo:

A Tartaruga Cega e o Tronco Flutuante  3

As Serpentes Venenosas dos Quatro Elementos  3

Simpatia Fingida 5

O Corpo e a Mente do Bodhisattva  5

A Purificação das Terras Búdicas – Primeira Oração   8

A Purificação das Terras Búdicas – Segunda Oração   9

A Purificação das Terras Búdicas – Terceira Oração   9

A Purificação das Terras Búdicas – Quarta Oração   10

A Purificação das Terras Búdicas – Quinta Oração   10

A Purificação das Terras Búdicas – Sexta Oração   11

A Purificação das Terras Búdicas – Sétima Oração   12

A Purificação das Terras Búdicas – Oitava Oração   12

A Purificação das Terras Búdicas – Nona Oração   13

A Purificação das Terras Búdicas – Décima Oração   13

A Terra Pura de Todos os Budas  14

O Samadhi Diamante  15

A Gema Mais Soberba  16

Como a Chuva da Primaveril  16

O Poder da Transformação   17

A Voz, a Cor e o Caminho   18

Por Que Dizemos Samadhi Diamante?  19

O Bom Mestre da Via  19

Encontro com o Bom Mestre da Via  20

Audição e Prática 21

Por Que Bons Mestres da Via  22

Por Que Bons Médicos  22

Doce Chuva do Dharma  23

O Bom Amigo do Via  24

Dar Ouvido ao Dharma  25

Pensar Sobre o Dharma  25

Praticar a Via de Acordo com o Dharma  27

A Fase do Nirvana  28

A Fase da Natureza de Buda  28

A Fase do Tathagata  29

A Fase do Dharma  29

A Fase do Sacerdote  30

A Fase do Estado Real  30

A Fase do Vazio   31

Pérolas do Universo – Fascículo 8

“De que maneira o Bodhisattva pensa sobre a Sangha? Todos os Budas e todos os Sacerdotes Sagrados (a Sangha) vivem em concordância com o Dharma e obedientemente praticam o Dharma que é Correto. Não se pode vê-la, agarrá-la, destruí-la, ou causar-lhe danos. Ela (a Sangha) não pode ser concebida e é um bom campo de prosperidade [‘punya-ksetra’ – um campo de mérito e bênçãos] para todos os seres. Embora seja um campo de prosperidade, não há de se tê-la na mão [agarrá-la]. Tudo é puro e imaculado; é não-‘asvara’ (impureza) e não-criada; é vasta e ilimitada. A mente é domada e leve, é toda-igual, e é una. Não há exaltação. Tudo é eterno e imutável. Isto é como pensar sobre a Sangha.”

Leia mais em Pérolas do Universo – Fascículo 8.

pearls of universe 8.mp3

Perolas do Universo 8

Click na imagem para leitura on-line ou download


Conteúdo deste Fascículo:

Como o Bodhisattva Pensa Sobre o Buda  3

Como o Bodhisattva Pensa Sobre o Dharma  4

Como o Bodhisattva Pensa Sobre a Sangha  6

Como o Bodhisattva Pensa Sobre os Preceitos  6

Como Pensamos Sobre Dana  7

O Que Pensamos Sobre o Céu   9

O Inconcebível Bodhisattva  10

A Duração dos Ensinamentos Budistas  12

Quando o Grande Nirvana é Pregado   13

Zan-Gi 14

Os Dois Tipos de Riqueza  17

O Conselho do Doutor Jivaka  18

O Samadhi do Luar  25

A Parábola do Bom Médico e o Icchantika 28

O Bom Amigo da Via  33

Pérolas do Universo – Fascículo 6

E para o benefício de Kashyapa, ele disse num gatha:

“Se não se sente a ira,
mesmo contra um simples ser,
e roga-se para dar felicidade a esses seres,
isto é Amor-Benevolente.

Se sente-se compaixão
por todos os seres,
isto é a semente sagrada.

Interminável é a recompensa.

Mesmo que os Rishis (Grandes Sábios) dos cinco-poderes preenchessem essa terra
e dessem a Mahesvara (Grande Lorde) elefantes, cavalos
e suas várias posses,
a recompensa ganha não seria igual
a uma décima-sexta parte de um [impulso de] amor-benevolente
que seja praticado.”

Leia mais em Pérolas do Universo, Fascículo 6.

pearls of universe 6.mp3

Perolas do Universo VI

Click na imagem para leitura ou download

Conteúdo deste Fascículo:

O Conhecimento do Tempo   3

O Respeitável e o Desprezível (As Sete Boas Leis)  3

A Sabedoria da Mente Ilimitada  5

Amor-Benevolente e Compaixão   6

O Grande Amor-Benevolente  7

A Prática do Amor-Benevolente  10

O Coração do Bodhisattva 13

O Voto do Bodhisattva em Doação de Comidas  14

O Voto do Bodhisattva em Doação de Bebidas  14

O Voto do Bodhisattva em Doação de Veículos  16

O Voto do Bodhisattva em Doação de Roupas  16

O Voto do Bodhisattva em Doação de Flores e Incenso   17

O Voto do Bodhisattva em Doação de Roupas de Cama  18

O Voto do Bodhisattva em Doação de Casas  20

O Voto do Bodhisattva em Doação de Lâmpadas (Velas)  21

O Medo e a Felicidade  22

Elefantes Enfurecidos  23

A Espera do Shramana Gautama  24

A Criança de Vasistha  26

Namo Buddhaya! Benefícios Equânimes  27

A Prática dos Paramitas  28

« Older entries

%d blogueiros gostam disto: