Os Enviados do Buda

“Aqueles que desejam residir na Via do Buda,
e atingir a sabedoria que vem por si mesma,
deveriam diligentemente fazer oferecimentos àqueles que recebem e ostentam o Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa.
Aqueles que desejam ganhar rapidamente a sabedoria que abarca todos os fenômenos,
deveriam receber e ostentar este Sutra,
e fazer oferecimentos àqueles que o ostentam.

Aqueles que podem receber e ostentar o Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa,
saiba que o Buda os enviou por piedade aos seres viventes.
Aqueles que podem receber e ostentar o Sutra da Flor de Lótus da Lei Maravilhosa,
renunciaram às suas terras puras e,
por piedade aos seres viventes,
renasceram aqui.
Saiba que tais pessoas são livres para nascer onde quer que desejem,
e podem, neste mundo de maldade,
ensinar amplamente a Lei suprema.

Todos deveriam fazer oferecimentos de flores celestiais,
de incenso e de roupas bordadas com jóias celestiais,
e das mais finas e maravilhosas jóias celestes para os Mestres desta Lei.

Aqueles que puderem ostentar este Sutra,
após a minha extinção, numa era de maldade,
serão reverenciados com as palmas das mãos unidas,
como se estivessem fazendo oferecimentos ao Honrado pelo Mundo.
Comidas finas, delicados doces,
e muitos tipos de indumentárias serão oferecidas a esse discípulo do Buda,
na esperança de ouvi-lo pregar mesmo que por um momento.
Aqueles que puderem, numa era posterior,
receber e ostentar este Sutra,
foram enviados por mim para o reino humano,
para levar a cabo o trabalho do Tathagata.”

Excerto do CAP. 10: Os Mestres da Lei, pág. 204.

Veja em Cristal Perfeito: O Mensageiro do Tathagata

%d blogueiros gostam disto: