A Prática da Via

“Oh bom homem! Você diz: ‘Uma pessoa morre momento após momento. Como pode haver qualquer crescimento’? Mas, como a mente não é cortada, existe crescimento. Oh bom homem! Um homem recita. As letras [palavras] lidas não podem ocorrer ao mesmo tempo. A que veio primeiro não pode se estender até o meio, e a que foi lida no meio não pode ir até o fim. O homem, as letras e a imagem mental morrem momento após momento, e praticando muito chegamos ao conhecimento.

Portanto, saiba que uma pessoa não pode ser igual às outras. Se fossem iguais, nenhuma diferença surgiria. O mesmo se aplica à prática da Via por um ser. Através de uma ação, uma pessoa pode não atingir o objetivo. Mas, através de longa prática, pode-se acabar com todas as impurezas.”

Sutra do Nirvana, Capítulo 35, sobre o Bodhisattva Rugido do Leão 3.

the practice of the way.mp3

%d blogueiros gostam disto: