A Natureza de Buda de Todos os Seres

Buddha in Sarnath Museum (Dhammajak Mutra) Loc...

Buda no Museu de Sarnath, India - Image via Wikipedia

“Oh bom homem! Certa vez, vivi no Rio Nairanjana e disse a Ananda: ‘Agora pretendo banhar-me no rio. Dê-me meu robe e o sabão em pó’. Então, entrei na água. Todos os pássaros no ar, e aqueles (seres) na água e na terra vieram e assitiram. Então, havia também 500 Brahmacarins que viviam próximos ao rio. Eles vieram a mim e disseram: ‘Como você espera obter o Corpo Adamantino? Se Gautama não falar a respeito do ‘não-é’, o seguiremos e acataremos as regras (preceitos) dos alimentos’.

Oh bom homem! Eu, naquela ocasião, com a Sabedoria da leitura-de-pensamentos, sondei a mente dos Brahmacarins e disse-lhes: ‘O que significa dizerem que eu falo do ‘não-é’? Todos os Brahmacarins disseram: ‘Você, Gautama, estabeleceu previamente, aqui e lá nos sutras, que todos os seres não possuem o ‘Eu’. Agora você diz que não existe o ‘Eu’. Como você pode dizer que isto não é a teoria do ‘não-é’? Se não [existe] o ‘Eu’, quem defende os preceitos e quem os viola’? Eu, o Buda, disse: ‘Eu nunca disse que todos os seres não possuem o ‘Eu’; Eu sempre tenho dito que todos os seres possuem a Natureza de Buda. A Natureza de Buda não é o ‘Eu’? Assim, eu nunca falei do ‘não-é’. Todos os seres não vêem a Natureza de Buda. Portanto, [para eles existem] o não-Eterno, o não-Eu, o não-Êxtase e a não-Pureza. Essas são as visões do ‘não-é’’. Então, todos os Brahmacarins, ao ouvir que a Natureza de Buda é o ‘Eu’, aspiraram a Insuperável mente do Bodhi, e então, renunciando ao mundo, praticaram a via do Bodhi. Todos os pássaros no ar, e aqueles na água e na terra aspiraram ao Insuperável Bodhi e, tendo aspirado, abandonaram seus corpos.

Oh bom homem! Essa Natureza de Buda, para dizer a verdade, não é o ‘Eu’. Para o benefício dos seres, Eu digo ‘Eu’.”

Sutra do Nirvana, Capítulo 33, sobre o Bodhisattva Rugido do Leão 1.

the buddha nature of all beings.mp3

%d blogueiros gostam disto: