A Consciência do Não-Nascimento

Naquela ocasião, quando a assembleia ouviu o Buda descrever o número de kalpas da duração da sua vida, ilimitados, incomensuráveis Asamkhyas de seres viventes obtiveram um grande benefício. O Honrado pelo Mundo, então, disse ao Bodhisattva Mahasattva Maitreya: “Ajita! Quando falei da grande extensão da duração da vida do Tathagata, seres viventes numerosos como os grãos de areia de seiscentas e oito miríades de kotis de nayutas de Rios Ganges obtiveram a Consciência do Não-nascimento de todos os Fenômenos”.

Buda Shakyamuni em palavras introdutórias ao Capítulo XVII – Distinção dos Méritos e Virtudes, quando implicitamente declara a Natureza de Buda inerente de todos os fenômenos.

Por muccamargo

Físico, Mestre em Tecnologia Nuclear USP/SP-Brasil, Consultor de Geoprocessamento, Estudioso do Budismo desde 1987.

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: