Aos Que Aspiram à Emancipação

A questão central que se coloca aos que aspiram à emancipação é se estamos prontos para enfrentar e derrotar os exércitos de Mara[1]: os exércitos da paixão e do desejo, os exércitos da ira e das aflições do mundo tríplice. Derrotá-los e fugir dos domínios de Samsara, que é como uma casa em chamas. São ditos dourados do Buda:

“Se, quando eu me reúno com seres viventes,
ensino-lhes apenas o Caminho do Buda,
aqueles de pouca sabedoria ficarão perplexos;
e confusos, eles não aceitarão o ensinamento.
Eu sei que esses seres viventes nunca cultivaram boas raízes.
Eles estão fortemente apegados aos cinco desejos e,
em conseqüência da estupidez e da ansiedade,
tornam-se aflitos.

Em razão de todos os seus desejos,
eles caem nos três maus caminhos,
girando nos seis mundos inferiores,
e sofrendo toda a espécie de dor e miséria”.

 

CAP. 02: Meios Hábeis, pág 48.

 


[1] Mara é o poderoso inimigo interior, aquele que conhece nossos mais recônditos pensamentos e desejos. Também chamado de Demônio do Sexto Céu, nos impele a girar nos seis mundos inferiores, quais sejam os mundos do inferno, da fome, da animalidade, da ira, da tranqüilidade e da alegria.

%d blogueiros gostam disto: