Ananda e a Iluminação dos Seres dos Dois Veículos

“Agora, em meio à Sangha,

eu digo que Ananda, que ostenta a Lei,

fará oferecimentos a todos os Budas,

e posteriormente realizará a Correta Iluminação.

Seu nome será Buda Rei do Autocontrole e das Penetrações

com a Sabedoria Vasta como as Montanhas e Mares.

Seu país será puro,

chamado ‘Estandarte da Vitória Sempre Içado’.

Ele ensinará e converterá Bodhisattvas incontáveis em número.

 

Este Buda possuirá uma grande e magnífica virtude,

e seu nome será conhecido através das dez direções.

A duração de sua vida terá uma extensão ilimitada,

em razão da sua compaixão pelos seres viventes.

A sua Lei Correta perdurará pelo dobro do tempo da sua vida,

e a sua Lei Adulterada pelo dobro do tempo desta última.

Incontáveis seres viventes,

em número como as areias do Ganges,

plantarão a relação causal da Via do Buda com a Lei deste Buda”.

 

Naquela ocasião, os oito mil Bodhisattvas na assembléia, recentemente convertidos ao Anuttara-Samyak-Sambodhi, todos tiveram este pensamento: “Nunca ouvimos nem mesmo grandes Bodhisattvas receberem profecias como essas. Por que razão os Ouvintes receberam tais profecias”?

Então, o Honrado pelo Mundo, sabendo dos pensamentos que iam na mente dos Bodhisattvas, falou-lhes, dizendo: “Bons homens, Ananda e Eu, na presença do Buda Rei do Vazio, simultaneamente concebemos a idéia do Anuttara-Samyak-Sambodhi. Ananda sempre deleitou-se na erudição, enquanto eu fui sempre diligente e vigoroso na prática[1]. Por essa razão, eu já realizei o Anuttara-Samyak-Sambodhi, enquanto Ananda protege e ostenta a minha Lei. Ele protegerá também o repositório da Lei de todos os Budas do futuro, ensinando, convertendo e conduzindo multidões de Bodhisattvas à realização. Uma vez que o seu voto passado era este, ele obteve portanto esta profecia”.

 


[1] Embora Ananda tenha sido superado na prática pelo Buda que desenvolveu constantemente esforços diligentes, tornou-se um importante guardião da Lei pelo vasto conhecimento que adquiriu, fazendo jus a esta profecia. Nesta passagem revela-se um dos mais importantes ensinos do Verdadeiro Budismo, o qual é reforçado quando da exposição do CAP. 20 – O Bodhisattva Sem Desprezo. Esse Bodhisattva Sem Desprezo foi um Monge que não se dedicava ao estudo dos sutras, tendo durante a sua vida reverenciado como Budas todas as pessoas que encontrava. Dessa forma, atingiu rapidamente a Via do Buda. Em termos relativos, pode-se depreender desta passagem que estudar e expor este Sutra de Lótus ainda é uma tarefa fácil. Difícil é colocá-lo em prática como o fez o Bodhisattva Sem Desprezo.

Extraído do CAP. 09: A Concessão de Profecias aos Aprendizes e Adeptos

%d blogueiros gostam disto: